quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Avatar Colaborador Nerd

O Mito do Drácula

Por Murilo Andrade*

 

dracula

A lenda dos vampiros surgiu a incontáveis tempos no Leste europeu e no antigo Oriente Próximo, na mitologia da Suméria e Mesopotâmia, sendo o vampiro um monstro mais terrível que o cavalheiro aristocrático pelo qual hoje em dia ele costuma ser retratado. O principal responsável pela transformação foi o matemático irlandês Abraham Stoker, mais conhecido como Bram Stoker, em sua obra-prima Drácula, lançada em 1897.

Ele se inspirou na figura do voivode (príncipe) Vlad Tepes, que nasceu em 1431 e governou o território que corresponde à atual Romênia. Nessa época, a Romênia estava dividida entre o mundo cristão e o mundo muçulmano, e Vlad III ficou conhecido pela perversidade com que tratava seus inimigos. Embora não fosse um vampiro, sua crueldade alimentava o imaginário de tal modo que logo passou para o conhecimento popular como um vampiro.

O pai de Vlad, Vlad II, era membro de uma sociedade cristã romana chamada Ordem do Dragão, criada por nobres da região para defender o território da invasão dos turcos otomanos. Por isso Vlad II era chamado de Dracul (dragão), e, por conseqüência, seu filho passou a ser chamado Draculea (filho do dragão) - a terminação ea significa filho. A palavra dracul, entretanto, possuía um segundo significado (diabo), que foi aplicado aos membros da família Draculea por seus inimigos e possivelmente também por camponeses supersticiosos.

Tendo como base o conde, Bram Stoker construiu um dos personagens mais lembrados da literatura mundial. A figura mítica do vampiro idealizado por Stoker foi de tal modo aceita e aperfeiçoada, que sua influência em romances, filmes e quadrinhos ultrapassou a leitura do próprio original, gerando várias releituras — vide as obras de Anne Rice, séries como Angel, os filmes, e até mesmo as excelentes HQs baseadas em idéias presentes no original, não se prendendo totalmente à ele, mas renovando-o e melhorando-o.

E a sede do público é tão insaciável que a cada dia surgem novas histórias, fazendo sempre um estrondoso sucesso. Twilight é só o exemplo mais recente. O vampiro é uma figura já tão presente nas nossas vidas que sequer assusta mais. Pelo contrário. Alguns gostariam de ser como eles. Sua beleza, sua força, sua tragicidade. Talvez porque, com a crescente falta de fantasia dos dias atuais, seja uma forma de fugir dos problemas e da vida complicada…

_______________________________________________________________________

*Murilo Andrade é estudante, nerd e… e escreve no blog Humorragia

8 Comentaram...

oquestionador disse...

Twilight é só o exemplo mais escroto, pra ser sincero. =D
Curti o texto, e adoro a mitologia acerca de vampiros. Como eu disse, porém, excluo Twilight de qualquer coisa. Qualquer coisa. =D

JUNIN MAGNIFICO disse...

É foda!! A mitologia vampírica é tão maneira, aí chega uma tal Meyer e fode com a imagem dos caras, é uma puta viadagem o que fazem com eles, ela merece um bom e velho empalamento com os cumprimentos do bom e velho Draculea

The_Necron disse...

Realmente, a mitologia vampírica é de fato muito interessante. Assim como o amigo "oquestionador" disse, Twilight é muito fraco. Sinceramente, para aqueles criados na velha escola de mitologias de vampiros, é muito fraquinho.

Bom, em relação ao Livro de Bram Stoker, felizmente já tive a oportunidade de ler. WOW! Com certeza é um grande livro, e muito bem escrito. As partes que envolvem a fuga do Castelo do Dracula é a melhor parte... Recomendo a todos.

parabéns pelo POST.

João Lucio disse...

"Alguns gostariam de ser como eles. Sua beleza, sua força, sua tragicidade."

Como diria Cassidy (Preacher). "Bando de punheteiro"

huauhauhauhauhhuauhauha

Anônimo disse...

EU ATÉ GOSTO DE DAS CRONICAS E HISTORIAS VAMPIRESCAS MAS NUNCA GOSTARIA DE SER UM VAMPIRO!!!! É ATÉ RIDICULO QUERER SER UM, UM SER TÃO NEFASTO É TOTALMENTE PARASITA!!! ALIÁS A SOCIEDADE ESTÁ CHEIA DELES INCLUSIVE NA POLITICA BRASILEIRA, ESTÁ CHEIO DE VAMPIROS PLANALTO!!!RSRSRS SÓ SUGANDO O SANGUE DO POVO!!! JÁ O LIVRO E FILME "Twilight" É UMA HISTORIA TOTALMENTE IMBECIL, ONDE JÁ SE VIU VAMPIRO BONZINHO!!! É O UNICO FILME DE VAMPIRO Q NÃO GOSTEI, NÃO TEM NADA COM NADA!!!! PASSA UMA IDÉIA TOTALMENTE ERRADA!!!

Orc Bruto disse...

Muito bom o post.
Sou professor de História com Mestrado em História Medieval, tendo feito minha dissertação sobre o verdadeiro Drácula, com direito a estágio de pesquisa na Romênia.
Só ficou faltando falar que ele não governou o território que hoje é a Romênia inteira, apenas o sul dela, a região da Wallachia (pronuncia-se "Valáquia"), apesar de ter nascido na Transilvânia (região central da Romênia).

Anônimo disse...

Stephanie Meyer fez um romance para adolescentes, não uma história de terror, logo o que é que queriam?? Hoje em dia existem mil uma formas de retratar um vampiro, não existe um único filme, ou série, ou livro em que sejam retratados de forma igual, eu por mim limito.me a ver todos os que posso e a ler para poder dar a minha opinião, e até acho interessante ver as várias formas diferentes de retratamente, ok a de Stephanie Meyer é realmente a mais diferente que vi até hoje mas não deixa de ser interessante ver a opinião de cada um.
Infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler o grande existe de Bram Stoker mas ainda ei-de fazer por isso xD
Cumprimentos a todos e mantenham uma mente aberta não se limitem a criticar só por ser diferente ou porque não gostam.

Admin disse...

You should visit www.tgforums.com

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo