sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Avatar Voz do Além

Novo trailer de The Last Guardian

 

lastguardian_3[6]

Apesar da indústria de games japonesa estar passando pelo que alguns analistas denominam de crise de identidade - além de diminuição de poder: até 2000 eles criavam 45% dos games vendidos, e hoje esse percentual não passa de 30% - ainda os vejo como os maiores criadores de coisas interessantes e conceitos inovadores nos videogames. Explico: americanos lançam obras-primas como Bioshock e Halo, mas tais games passam longe da inovação de um Katamari, por exemplo.

OK, e eu com Katamari, caramba?, você deve estar se perguntando. Bom, não falo do desse jogo em si, mas de como os japas encaram o modo fazer games com um terceiro olho, além dos dois que ficam observando as verdinhas chegarem. Os japoneses lançam as bases que servirão de tendência para a indústria de games nos próximos anos, tanto em termos de hardware quanto de softwares - talvez a exceção seja os games online, onde a Microsoft sempre caminhou a paços largos na liderança.

Tudo isso foi somente para dizer que os magos do Team Ico são japoneses e fazem parte do grupo de olhos-puxados que moldam a indústria em torno de si (claro, tem, e muito, pessoas de outras nacionalidades na jogada). O novo projeto da maior pérola que a Sony possui em termos de estúdio - o equivalente da Microsoft é a Lionhead - se chama The Last Guardian, e é meio como uma continuação conceitual de Ico e Shadow of Colossus.

Aparentemente The Last Guardian mantém o padrão narrativo e de jogabilidade do Team Ico, então espere aquele forte clima espiritual, com ausência de diálogos, longos momentos contemplativos, e um ar de jogo obra de arte. A diferença parece ser uma: ao invés de ter que guiar uma princesa e ajuda-la a fugir de monstros da escuridão, ou matar monstros gigantescos, a idéia agora parece ser cuidar de um monstro que continua muito me lembrando Falkor, o dragão com cara canina de A História sem Fim.

Cara… espere um final triste, que lhe arranque lágrimas, com uma trama minimalista e mesmo assim envolvente. Ou algo que soe como um filme de fantasia de Spike Jonze.

PS: Já fizemos um post com The Last Guardian AQUI e AQUI.

 

[Via Giant Bomb]

1 comentário

JUNIN MAGNIFICO disse...

Cacetada!!

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo