terça-feira, 27 de outubro de 2009

Avatar Felipe

Carga Explosiva 3

 

carga_explosiva_3_1

O terceiro filme da franquia, que começou com Carga Explosiva e continuou com Carga Explosiva 2, é de longe o mais fraco dos três. Grande parte da diversão da série é o fato da história ser despretensiosa, servindo apenas como desculpa para as sequências de ação, assim como acontece em Adrenalina, também estrelado por Jason Statham. O problema de Carga Explosiva 3 é que o roteiro se leva a sério demais, com uma história de conspiração internacional. Enquanto nos primeiros dois filmes a ação era quase ininterrupta, neste acontecem intervalos muito grandes entre uma cena de ação e outra.

Outro vacilo da produção é a completa falta de criatividade do diretor Olivier Megaton. A maioria dos ângulos de câmera que ele usa já foram vistos em vários outros filmes de ação, não tem metade da inventividade do primeiro Carga Explosiva ou de Adrenalina. E, levando em conta que na história o motorista Frank Martin (Jason Statham) não pode se afastar do carro, Megaton perdeu uma ótima oportunidade de fazer sequências incríveis utilizando o veículo. Até mesmo as cenas mais empolgantes, como o carro andando só em duas rodas, ou pulando em cima de um vagão de trem, me deram a sensação de já ter visto aquilo em algum lugar.

Pelo menos a pancadaria, se não trouxe nada de novo, também não piorou em relação aos outros dois filmes. É sempre divertido ver Frank Martin lutar, principalmente pelo fato da principal arma dele ser o próprio terno, que ele usa para desarmar ou sufocar os inimigos. Pena que este filme não apresenta nenhum personagem bizarro para Frank Martin enfrentar, como a loirinha de Carga Explosiva 2, que só andava de lingerie pra cima e pra baixo.

 

carga_explosiva_3_3

carga_explosiva_3_2

O roteiro peca ainda por tentar desenvolver demais os personagens, perde-se muito tempo em diálogos desnecessários entre Frank e a garota que está no carro com ele. Na maior parte dessas cenas, a única coisa que eu conseguia pensar era "quando é que ele vai bater em alguém?". Filmes com roteiros interessantes e personagens bem trabalhados são sempre bem vindos, mas a série Carga Explosiva não é e nem deve ser assim. Infelizmente, parece que os roteiristas Luc Besson e Robert Mark Kamen (que também escreveram os outros dois filmes) esqueceram disso em Carga Explosiva 3.

 

The Transporter 3 (França, 2008)

Diretor: Olivier Megaton

Duração: 100 min

Nota: 6

4 Comentaram...

Joelma Alves disse...

É por essas q eu me pergunto:Onde está o Sherman nesse momento??!!Nota 6 pra Carga esplosiva 3??É,nada mal pra qm dá 8.5 pra um filme do Zé do Caixão!!

Felipe Storino disse...

Só lembrando que a nota de um filme nada tem a ver com a do outro, já que um é filme de ação e o outro é terror/gore.

vistoso disse...

certo!!pior filme da serie!?? comentario cliche!! - o melhor sempre eh o primeiro!!- sinceramente...
o terceiro filme desta fraquia superou em muito seu antecessor que mais parecia uma colagem de cenas de video game de segunda!!Sejamos sinceros!! No segundo filme o protagonista so faltou falar que era gay, tudo indicava quer nosso heroi nao gostava da fruta!! neste episodio a masculunidade do cara eh recuperada e as sequencias do filme sao mais elaboradas e realistas!! O filme nao prima por perfeição mas ate o mais ignorante fã de cinema eh capaz de enxergar a superioridade do terceiro filme em relação ao segundo!!! Meu conselho eh o seguinte: nao arrisque escrever um comentario so para parecer o critico de filmes intelectual!!

Miguel Mascarenhas disse...

Pra mim, se juntar os 3 não dá um

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo