sexta-feira, 12 de junho de 2009

Avatar Colaborador Nerd

[Dia dos Namorados] O Monopólio do Amor

Por Thahy*

 

amor-maior-dinheiro

Vamos lá, pense comigo…

Quantos livros, filmes, obras de arte, textos, quadrinhos, músicas possuem o amor como tema central? Quantas igrejas, religiões, seitas, instituições tem o amor como uma obrigação para si, para com o próximo e para “Deos”? Quantos advogados enriquecem com os casamentos civis e suas possíveis [e prováveis] separações jurídicas?

Em suma: o amor é um monopólio. Só não descobri ainda de quem.

Já parou para pensar em todos aqueles momentos de tristeza, quando você se sente sozinho no mundo? Onde você amaldiçoa o amor por não te encontrar? Você olha ao redor, os passarinhos cantando e os casais beijando-se apaixonadamente na pracinha? - claro que você não sabe que ela trai o esposo e ele a amante. Mas vem cá… vai me dizer que você nunca amou alguém tão intensamente por um segundo sequer, e depois aquilo acaba? Já machucou, magoou, foi magoado…

Para mim, existem três tipos de formas de se viver o amor:

  1. Existem pessoas que vivem os relacionamentos como se eles fossem músicas. Com um ritmo específico, acordes e movimentos únicos… E quem gosta de música, gosta de ouvir muita música. Nesta categoria encontramos aquelas pessoas que se encantam perdidamente pelo novo som que acabou de conhecer, e que escuta até conhecer um som muito, muito melhor. Ou então, aquela pessoa tão devota de um único estilo sonoro… Que escuta a já familiar e tão bem conhecida muitas e muitas vezes mais, sem nunca enjoar… construindo uma vida toda em função daquela melodia.
  2. Existem pessoas que se entregaram uma vez e foram magoados… E simplesmente não se permitem viver algo novo… Ficam presos nesta sintonia de mágoas, por anos a fio, sendo este rosário de raiva, dor, reclamação, preconceito e mau-humor tudo o que sabem sobre o amor e como amar. Não entendem como alguns conseguem sorrir “apesar do que ele fez com ela a cinco anos atrás” e olham com maus olhos pequenas demonstrações de afeto.
  3. E, por fim existem aquelas que, aterrorizadas pela ameaça da solidão, encontram outra pessoa tão medrosa quanto, e passam a viver uma profunda solidão a dois, muito, muito maior.

Sempre me pergunto por que existe tanta gente vivendo nas categorias dois e três… Por que encaram um sentimento natural e bom com uma importância vital, adoecendo até por causa de falsas expectativas ou medos… Aí me questiono: até que ponto a necessidade de envolvimento romântico e paixão arrebatadora não passa de uma obrigação social? Afinal, muitas vezes estar casado, solteiro, divorciado, na gandaia é praticamente uma definição do caráter de alguém!

E como existe um mercado por trás desta proposta da felicidade eterna quando se ama…

E como existe gente sofrendo e culpando-se nesse mundão por não estar apaixonado… Por não conseguir sentir o mesmo sentimento que a publicidade vende no intervalo da novela…

Se pararmos para pensar, enxergaremos a manipulação absurda [com muito dinheiro envolvido], de sentimentos e desejos visando alavancar a venda das ‘pílulas da felicidade’… Seja o álcool, antidepressivos, férias no Caribe…

Como esse monopólio do amor, do envolvimento romântico gera gente infeliz que se obriga a sentir algo que não sente!

Um relacionamento exige entrega… Exige doação, com uma certa dose de cegueira, surdez e mutismo…

Pare para pensar e avalie o que você sente neste doze de junho: será que você procura um amor, pois quer se compartilhar… Se doar e, de quebra ganhar um cúmplice [para as bobagens fofas e deliciosas do amor], ou procura por que acredita que só será feliz quando tiver alguém pra te amar? Pense com calma… esta é uma das grandes perguntas da vida.

__________________________________________________________

*Thahy é psicóloga, geminiana e escreve no blog Intensidade

3 Comentaram...

Slade disse...

Eu acho que enquadro temporariamente no segundo grupo... Mais por problemas recentes mesmo.

Nesse doze de junho, sinto uma necessidade de encontrar alguém, um alguém para compartilhar afeto comigo, doar minhas felicidades e tristeza e receber o mesmo de uma amada.

4multiplayer disse...

Eu sou feliz com a pessoa que eu amo! E cada dia mais, mesmo após muitos anos!!!

Última semana da PROMOÇÃO DVD – O SOM DO CORAÇÃO. Para concorrer, é só acessar a área de PROMOÇÕES e COMENTAR em algum post. Se comentar em vários posts terá mais chances no sorteio.
http://4multiplayer.wordpress.com/promocao/ VALEU!!!

doansel disse...

sem querer criticar, mas mesmo assim criticando, é "deus" e não "deos" como está escrito na terceira linha

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo