sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Avatar Voz do Além

Mininova deleta uma cacetada de torrents e uma era termina

 

mininova

Quem usa Torrents, COM CERTEZA já usou o Mininova. Na humilde opinião desse blogueiro, os torrents indexados do Mini são os melhores que existem. Além disso, eles possuem uma legião gigantesca no site, que sempre avisa quanto a torrents fakes, geralmente plantados por organizações de “direitos autorais”, aliado ao sistema de busca mais refinado que já experimentei. Eles sempre foram atacados pelo BREIN, o órgão de combate a pirataria da Holanda - país onde o Mini está hospedado -, e por isso mesmo possuem filtros no site para combater conteúdo ilegal.

Em agosto, um tribunal holandês ordenou que o Mininova tirasse do ar todo o conteúdo ilegal do site, sob pena de multa de mil euros por link ilegal, indo até o máximo de cinco milhões de euros. E eles tentaram… primeiro colocaram um filtro que identificava itens ilegais, o que naturalmente deu errado; depois deram acesso ao BREIN ao seu indexador, para eles mesmos fazerem o trabalho sujo, o que foi recusado.

E o tempo foi acabando… os três meses passaram rápido, e os caras do Mini não viram solução a frente. Pesa o fato de que eles sempre foram caras que andaram na linha, ao contrário do povo do Pirate Bay, que até hoje arruma milhões de forma de camuflarem suas atividades ilegais na visão de tubarões comedores de dinheiro.

O prazo venceu exatamente ontem, e como esperado o site praticamente acabou, ao transformar a plataforma de indexação de torrents de usuários, em um serviço de distribuição de conteúdo, somente com links legais, colocados por artistas e produtores cadastrados. Com isso, dos mais de um milhão e trezentos mil torrents hospedados no site, somente sobraram cerca de oito mil.

Os administradores ainda estão estudando formas de recorrerem da decisão, mas por hora não há muito o que fazer. Um recurso judicial seria a única forma de trazer os torrents todos de volta. Caso não consigam, o impacto será monumental sobre a comunidade de torrents, já que o site possuía o maior número de usuários, e vários dos seus arquivos eram a principal fonte de indexação de sites menores. Ou seja: vai rolar um efeito dominó, com outros sites deixando de indexar conteúdo novo.

A história do Mininova começou em 2005, com a queda do onipotente SuprNova. Com o SuprNova cambaleante, surgiram diversos diversos sites que faziam serviços parecidos, se destacando esse fundado por cinco estudantes holandeses. Com o tempo veio o sucesso, milhões de dólares em receita publicitária, e, lógico, os processos.

O site sempre conseguiu sobreviver aos processos contra o BREIN, mas a última sentença acabou por se mostrar realmente irrefreável. O juiz disse que eles não eram culpados pelo conteúdo, mas deveriam impedir que isso ocorresse no futuro, e foi isso que motivou os administradores do site impedirem o acesso à sua vasta biblioteca de Torrents.

Só pra você ter uma idéia da importância do site, ele é o 90º site mais visitado do planeta, segundo o Alexa, e já descarregou mais de 10 BILHÕES de torrents, o que deve deixar os integrantes do BREIN, do MPAA, da ACPM e de todas essas organizações inúteis com os cabelos em pé. Mas como eles são idiotas para usar isso de forma inteligente a favor deles, preferem recorrer a justiça, que de justa não te nada.

Enfim, uma era dos torrents termina, e outra está para começar. Como dica, fica a idéia do povo do Mininova ir para a Espanha, país europeu com as melhores leis no tocante a internet. E para vocês usuários, recomendo o IsoHunt.

 

[Via Torrent Freak]

9 Comentaram...

May Cry disse...

Já leram o artigo do link sobre o freenet e a deepweb? Essa caçada idiota e inútil aos torrents não vai dar em nada. A web se adapta, se desvincula, se esconde. Outros sites de torrent vão aparecer, além dos que já existem, tudo vai ficar mais diluído, não rastreável. Toda essa caçada é miopia das instituições em relação a rede. Não se pode impedir as pessoas de compartilhar. É como tentar desinventar a pólvora. Em algum momento, no futuro, a pólvora- leia-se P2P- vai ser a morte desses idiotas. Adapte-se ou desapareça. e viva livre.

Compulsivo disse...

Acho que ainda é cedo para dizer: uma era que termina, sem antes lutar bravamente!

Na verdade as coisas tendem a voltar ao que eram antes dos torrents, só aplicações p2p, mas agora com criptografia...

Mas uma coisa é certa: o compartilhamento NUNCA perecerá!!!

[]s
Compulsivo

Montanari disse...

Putz, que saco meu! Eu usava o Mininova pra baixar meus Torrents direto. E na minha opinião é o melhor também.

Anônimo disse...

Trágico.

SENHOR DA NET disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gilmarzinho disse...

Olha, eu adoraria ser a favor de organizações que protegem os direitos autorais de criadores.
Mas quando eles começaram a apagar conteúdo que não lhes diz respeito (como mp3 de bandas independentes que tem o compartilhamento pelo 4Shared como uma maneira de lançar a banda...), comecei a querer que eles se explodam!
Té.

SENHOR DA NET disse...

porque o mininova nao se hospeda no brasil ja que aqui as leis sao uma piada e que tem dinheiro nao sabe oque justiça!!!! eu tinha mais de 100 torrents upados la no mininova e realmente sinto muito o acontecido!!

se querem acabar com a pirataria entao façam um preço justo pelos originais ai pode ser que talvez mude alguma coisa!!

pra 1-mininova fechado outros 10 serao abertos e isso nunca vai acabar!!

Anônimo disse...

Pq eles não hospedam o nmininova em um server russo, aí ninguém enche o saco.

Anlauf disse...

Mais uma vez o capital vence o bem comum...

Mas, é RIDÍCULO que as empresas de games, que já estão com quase quarenta anos de funcionamento AINDA NÃO APRENDERAM a usar estes meios para se beneficiarem.
São cabeças velhas, com pensamentos antigos no comando de empresas ditas de ponta...

Um dia os usuários de games vão se unir e como protesto, deixarão, ai sim, de comprar qualquer coisa que venha de empresas que só visam lucros,
pois, convenhamos, comprar um jogo por R$120,00 - R$150,00 - R$200,00, para chegar em casa, ver que ele é cheio de problemas de bugs, CTDs, incompatibilidades.
E que o suporte ao usuário é falho, nunca tem resposta do e-mails...
Ainda exigem que se respeite "leis de direito autoral.".

De onde caiu o mininova, outros surgirão...

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo