quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Avatar Voz do Além

E a Internet começa a ser dividida… e agradeça a Ballmer e Murdoch

 4799f8gg1fe6faf-murdoch

Existem mais de 100 milhões de sites ativos no mundo, segundo uma pesquisa da NetCraft do ano passado. Por mais díspares e bizarros que eles sejam, todos têm uma coisa em comum: são indexados. Não importa em que canto do mundo se esteja, os robots do Google, Yahoo! e outros buscadores, vasculham e indexam conteúdo para tornar nossas vidas de dependentes de buscas mais fáceis. E com raros casos - é possível impedir que um robot indexe um site, colocando uma cláusula no arquivo robot.txt do site - a coisa permaneceu mais ou menos assim até agora.

Bem, até agora… Há anos a Microsoft percebeu que a internet se tornaria mais importante que o mercado de sistemas operacionais. Após abrirem os olhos meio atrasados, mas ainda a tempo, eles trataram de correr atrás. Primeiro tentaram comprar o Yahoo! e mesmo que não tenham conseguido, terminaram por neutraliza-lo, e agora parece que iniciaram uma corrida por exclusividade de indexação de conteúdo.

A verdade é que a empresa dos developers está perto de assinar um acordo (financeiro, que fique claro) com a News Corp, empresa de mídia mega-poderosa de Rupert Murdoch, para indexar o conteúdo deles com exclusividade, via Bing. É um ato típico de Murdoch, que diz que o Google rouba conteúdo deles e ganha em cima disso, fora que ele deixa bem claro que odeia a internet. A News Corp tem no seu guarda-chuva jornais como o The Wall Street Journal, The Sun, The Times, e a rede TV FOX News, que certamente experimentarão uma queda brusca de audiência nos próximos meses.

E pesquisas confirmam que isso deve mesmo rolar. Jornais, em sua esmagadora maioria, não têm identidade. O que você lê por lá, pode ler em qualquer outro, e na internet isso é ainda mais dramático. Somente por um motivo muito específico alguém vai a um jornal específico ler determinada coisa. No ambiente da News Corp, me arrisco a dizer que somente o Wall Street Journal conseguirá manter a audiência, e com muito custo, ainda por cima.

Mas, mesmo assim, esse acordo é estrondoso e ousado, e mesmo que agora a coisa atinja níveis mundiais, tem precedentes na história, sendo o caso mais flagrante, a indústria de videogames. Quem não esquece que a Nintendo reinava soberana até que resolveu fazer outro videogame de cartuchos e as várias softhouses (principalmente a Square) debandaram para o PlayStation? Não creio que algo parecido acontecerá nesse caso, afinal estamos falando de notícias, produto mais barato que games, mas provavelmente a plataforma do Bing será fortalecida de alguma forma.

Mas, na boa, só não entendi UMA coisa! Todos os sites da News Corp podem simplesmente mandar que os robots do Google jamais voltem para os indexarem, e isso é fácil… mas para que a Microsoft está despejando dinheiro (e mesmo que a cifra ainda não tenha sido revelada, algumas línguas dizem que são astronômicas) nos bolsos de Murdoch para ter exclusividade das notícias da News Corp? Certamente Murdoch e seus jornais não iriam muito longe sem uma combinação Google e Bing, que respondem por mais de 80% das buscas americanas, e algo em torno de 90% das mundiais. Seria praticamente como dar adeus a internet… e ao mundo das pessoas que jamais comprarão um jornal novamente, e isso inclui a mim!

O resultado disso tudo pode ser ainda mais desastroso: contratos similares pipocando para todo o lado, literalmente tornando o mercado de buscas como o mercado de games: somente no Google consigo ler coisas do grupo Time Warner, ou no Yahoo! consigo ler as notícias da Associated Press, que é uma das maiores defensoras de cobranças por notícias na internet. Ou talvez o Google pague algo semelhante para a News Corp, o que duvido, já que isso abriria precedente para um sem fim de pessoas sedentas de grana e que deveriam estar escrevendo notícias num papel higiênico.

Bizarro!

 

PS: O Google não perdeu nada com a não-indexação de notícias da FOX em suas páginas, afinal quem quer ler coisas que uma empresa que trabalhou a mando de Bush escreve?! Fico feliz de não ver nada da FOX nos resultados do Google, e como não uso Bing…

 

[Via Wired Epic Center]

4 Comentaram...

Anônimo disse...

uma pena mesmo

Arthur Barros disse...

pro inferno com essa sede de dinheiro da microsoft e d todos esse porcos capitalistas!
naum q eu seja a contra o capitalismo, mas sim contra os fanaticos alucianos q vivem pelo dinheiro e nada mais!
a google é a empresa do futuro (apesar d ter grandes erros no histórico: orkut.... alguns outros) assim como algumas outras empresas que trabalham pelo simples fato de construir algo, dinheiro é consequencia deste trabalho.
o mundo nao precisa d mais imperadores retardados atrás de glória, e sim d trabalho duro e liberdade, até agora a internete tem sido um sinonimo de liberdade para todos nós! e qemrem nos calar e afogar, só para ter mais e mais dinheiro!!!!
isso me enoja!

Daiane [VivoVerde] disse...

Enfim.... nem eu uso Bing ...

Mas eu gostei da ideia de cobrar notícia na internet .... acho justo, esta é a verdade...

bjão

natario disse...

google vs o mundo, EPA! o google e quase o mundo !

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo