quarta-feira, 5 de maio de 2010

Avatar Murilo

Porque Naruto e Bleach ainda não chegaram ao fim

 

image

No mercado japonês de quadrinhos a Shonen Jump comanda. A revista foi berço de grandes artistas, como Akira Toriyama (Dragon Ball e Dr. Slump), Nobuhiro Watsuki (Samurai X), Keiji Nakazawa (Gen- Pés Descalços), entre outros nomes célebres. Também é a casa dos maiores sucessos dos quadrinhos atualmente. Vende quase três milhões de exemplares por semana. Mas esses três milhões, num mercado concorrido como o japonês, pode não ser mais suficiente. Não que o número seja pouco, mas esses três milhões correspondem a menos da metade do que ele já vendeu um dia; mais de seis milhões e meio de exemplares. Ainda assim, a encadernação dos capítulos publicados na antologia, os famosos tankohon, vendem como nunca, quebrando recordes e mais recordes. One Piece teve a maior tiragem da história e Naruto chegou a marca de 100 milhões de exemplares vendidos nas últimas semanas. Mas não é aí que mora o problema.

A Shonen Jump é a maior revista do ramo dos mangás. Tem uma reputação a zelar. É graças a essa posição no mercado que ela consegue fechar contratos muito disputados para que os seus quadrinhos migrem para outras mídias, como animes, games e até filmes ou novelas. Esses contratos aumentam a fama de um título e ampliam as vendas da revista. Se a Jump perder o primeiro lugar das vendas, como aconteceu em 2002 para a rival Shonen Magazine, a migração para outras mídias cairá bastante e conseqüentemente as vendas diminuirão cada vez mais. Até mesmo a procura dos mangakás talentosos cairia, já que o desejo de todo artista é publicar na revista mais popular. É por isso que Bleach, Naruto e One Piece ainda não chegaram ao fim. Os editores fazem de tudo para que eles não terminem. O motivo? Porque eles não têm perspectiva nenhuma de conseguir substitutos à altura.

Sucessos medianos como D. Grayman ou Prince of Tennis não vão segurar as vendas. Se One Piece ou Naruto acabassem hoje as vendas poderiam ter uma queda enorme, semelhante à que teve a Shonen Jump no fim de Dragon Ball. E isso já tem até prazo pra acontecer. Eiichiro Oda já anunciou o fim de One Piece para daqui há uns quatro anos. Espero ainda estar vivo para isso.

A estratégia da Jump agora é encontrar novos talentos. Para isso lançou a revista Shonen Jump Next!, especializada em histórias autoconclusivas. Nas obras de autores novatos é que se buscarão os futuros sucessos de amanhã. A idéia é que sai dali novos Dragon Balls, Slam Dunks e One Pieces em termos de aceitação do público e vendas. Mas é bom que ela se mova logo, porque a concorrência já pôs em prática os planos de lançar revistas similares. Do contrário, o futuro promete ser nebuloso para a Shonen Jump.

6 Comentaram...

PAULO HENRIQUE DE DEUS disse...

Se fosse só naruto ou bleach que não chegou ao fim. One Pice dá quase nos 600 capitulos, naruto peleo visto só acaba daqui uns dois anos no minimo, bleach enrola tanto que quase estou desistindo de ler. Creiu que o grande problema dessa enrolação toda desses mangás, não é porque falta algun substituto que possa vender tanto como um Dragon Ball. Mas sim porque a Shonen Jump tenha medo de apostar em mangakás com historias mais ousadas e criativas que podem vender muito ou provocar a repulsa dos seus leitores. Apostas arrisgadas podem trazer prejuizos absurdos. Talvez o que a Shonen Jump precise de um Alan Moore da vida para salva-lá da mesmice e da falta de critidade. Não que eu não goste de naruto, bleach ou one piece mas já ta cansativo essas historias sem fim.

Murilo Andrade disse...

@PAULO HENRIQUE DE DEUS

A questão é que é difícil demais publicar um mangá na Jump. Por isso alguns artistas tem medo de desagradar o público, se ousarem demais no traço ou nas suas histórias, e terem suas obras canceladas por causa disso.

Raphael disse...

Isso é um problema ENORME !!!!
Pq eles acabam forçando o autor a criar coisas que tragam sucesso, e não oq o autor tinha em mente.
Ele acaba tendo que improvisar...
Ex? Naruto, o sasuke aparece mais e tem muito mais destaque que o naruto. Todos sabem que o queridinho do japão é o sasuke.
Por isso que eu leio Berserk, ta a muitos anos na estrada, não é SUPER "pop" como naruto e da pra ve que é MUITO MUITO bem pensado antes de passar pro manga.

Vlw ai !
^^

Raphael disse...

Murilo Andrade, tomei liberdade de colocar esse seu texto em uma comunidade do Orkut!

Não se preucupe botei a fonte, autor e site.

Vlw

victor disse...

One piece acaba em 4 anos? Aonde tem essa informaçao, eu achei que iria até o 1mil... pra mim one piece é maravilhoso deveria seguir pro resto da vida sem problema nenhum! SEm contar que 4 anos seriam apenas 200 mangas e a história de one piece chegou no meio agora, sinceramente one peice pra mim não tem nada de enrolação e deveria ter mais 600!

Cristiano disse...

O que Raphael disse faz todo sentido.Muitas historias que poderiam acabar bem acabam se deteriorando com o tempo se tornarem muito longas.
Dragon Ball e agora Naruto são exemplos clássicos.Dragon Ball deveria ter terminado com o fim de Dragon Ball Z pois a saga GT só atrapalhou e Naruot tinha tudo para ser um ótimo anime se focasse o drama do personagem principal e os bijus,mas o foco no Sazuke atrapalhou muito a trama.
Este problema de estender as franquias de sucesso e acabar sujando a imagem da historia original não é problema exclusivo dos animes japoneses.Hollywood tem esse péssimo habito também.Filmes como Efeito Borboleta poderiam muito bem ter passado sem uma continuação.

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo