segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Avatar FiliPêra

Tagueando o jornalismo

 

alertasjornalismod

Mesmo sendo a minha classe profissional (e talvez, justamente por isso), não posso deixar de falar: jornalismo no Brasil deixa muito a desejar - isso pra usar uma expressão otimista. Não que em outros cantos isso não exista, mas prefiro falar do brasileiro, onde tenho absoluta certeza do que estou comentando.

Não só os profissionais jornalísticos, mas os próprios cursos de formação das faculdades - quando me formar, faço uma “resenha do meu” - são bem ruins, mesmo que vários professores se esforcem para ensinarem conteúdo válido. Uma vez, por exemplo, me senti absurdamente revoltado quando ouvi uma professora dizer: “Amigo, opinião a gente guarda pra gente”. Ou quando uma professora citou técnicas de agradar editores ao mandar releases.

É o tipo de atitude que forma jornalistas preguiçosos, apressados e sem opinião, aqueles que vão na onda. Salvo uns poucos jornalistas brasileiros que gosto - como Cláudio Tognolli, Pepe Escobar (Eu sei, ele plagiou textos no passado), Arthur Veríssimo, André Forastieri, Alexandre Matias, entre outros - posso dizer que a esmagadora maioria dos nossos jornalistas são desse tipo, corporativistas, às vezes pela própria pressão do ambiente de trabalho.

Por isso achei bastante interessante ver essa iniciativa do Tom Scott, para colocar avisos em matérias jornalísticas. Mesmo que ele tenha pensado nos EUA, os avisos são bem válidos para a nossa pátria amada. A tradução para o português foi do Idelber Avelar, com diagramação do Tiagón. Se for começar a taguear as notícias, se prepare para ficar sem tinta na sua impressora rapidinho!

 

PS: O aviso do Diogo Mainardi é o melhor de todos os tempos…

[Trabalho Sujo via Sedentário via Murilo]

5 Comentaram...

J. Brizzi disse...

Cara, não sei o quão ligado a jornalismo esportivo você é, mas nessa "categoria" o problema é o mesmo.

Um que se salva é o Mauro Cezar Pereira, que mete os dois pés no peito de todo e qualquer um que precisa ser criticado sem dó nem piedade.

Chaves Papel disse...

"PS: O aviso do Diogo Mainardi é o melhor de todos os tempos…"

Exatamente! :D

Rodrigo Chaves disse...

Perfeito! Os jornais, revistas e sites deveriam começar a vir comesses tags.

Rápido disse...

Hahahahaha, nunca ri e chorei de raiva tanto da desgraça própria. Também sofro com o despreparo, falta de colhões e panelinhas dos meus "coleguinhas" (expressão imbecil que é usada até hoje por jornalistas que adoram um fru-fru). Semana passada inteira e hoje mesmo passei a porra da tarde esperando um maldito 'release' que qualquer mendigo escreve em quinze minutos enquanto a maldita da assessora devia estar no caralho da manicure...

Mas tamo junto, Filipêra, a parada é adorar o capeta chamado internet e cuspir marimbondos nos Mainardis da vida.

David disse...

Cara, que tags fodas. Iria nos ajudar muito a forma nossa opinião (principalmente quando jovem). E agradeço a citação ao Idelber, não sabia que ele havia voltado. Ele, entre outros, são indispensáveis na blogosfera.
P.S.: Considerem-se incluídos, NSN, nesse "entre outros"...

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo