sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Avatar Voz do Além

O Facebook acha que é o dono da palavra “book”

 

image

Você com certeza reparou que vivemos em tempos estranhos, recheados de não-me-toque e politicamente correto. Qualquer coisa é motivo pra processo - ou homicídio, outro extremo - e essas coisas que trazem consequências durante anos, e que poderiam ser evitadas com uma boa conversa. Quando não são os frescos que entram em cena, são os mercenários, que visam ganhar aquela grana esperta com um processo. O Facebook é do segundo grupo e parece estar embebido com o próprio sucesso. Tanto, que processou uma pequena rede social voltada para professores chamada Teachbook. Sim, porque tem um book ali no fim do nome - e todos sabemos que não existia a palavra book antes do Facebook!

A idéia da rede é proporcionar um ambiente para os professores compartilharem livros úteis para as aulas, vídeos interessantes, lista negra de alunos-pestes, e outras dicas para ajudar na vida dos professores. E parece que o Facebook, com seus 500 milhões de usuários tem aspirações parecidas, pois processou a rede por “uso indevido de forma intencional da marca”. Uma declaração do advogado da empresa dá o tom verdadeiro da intenção com esse processo: “Outras redes poderão colocar um nome genérico + BOOK e isso diluiria o caráter inovador da marca Facebook”. O processo, que foi encaminhado na cidade de San Jose, na Califórnia, pede uma indenização e a retirada do BOOK do nome.

Só esqueceram de avisar três coisas pro Facebook: a) ter LIVRO no nome não é sinal de inovação, b) livros existem há séculos, inclusive a palavra que dá nome a eles, c) existem outras redes com BOOK no nome, tipo a Goodbook, uma rede para padres, e a Library book, uma rede para leitores (porra, rede social para tudo nesse mundo. Será que tem alguma pra adestrador de caracóis?). Parece ser o típico caso de “vamos matar um e colocar a cabeça na estaca”. Bom, ao menos deve fazer uma boa publicidade para a Teachbook.

E sim, Mark Zuckeberg, dono do Facebook, é aquele cara que disse que ninguém precisa de privacidade…

UPDATE: Eles também acham que são donos da palavra Face!

 

[Via Guardian e Wired Threat Level]

6 Comentaram...

Josi Woodstock disse...

E o Facebook inovou o que? Para mim é uma rede social como todas as outras, onde todos os malditos e desconhecidos tem seus perfis a disposição do mundo.
Ainda há um pequeno detalhe: o Facebook não diluiu o caráter inovador de um livro.
Quanto ao Mark Zuckeberg fica a dica: mesmo com milhões de pessoas usando seu serviço, acho uma pretenciosidade exagerada essa história de se achar dono de uma palavra tão siginificativa quanto "book". Muito mais significativa do que uma mera rede social.

compulsivo.com.br disse...

OBS: Eric Smith, CEO do Google, também acha que a privacidade é uma coisa antiquada em tempos de internet....

[]'s
@Compulsivo

Chaves Papel disse...

Vou lançar a rede social Fuckbook e quero ver ele me processar!

É muita cara de pau desse cara!

T. Mileto! disse...

Isso para mim soa como uma piada.
É meio absurdo que algo do tipo aconteça.
Se a moda pega...

jcmend58 disse...

Esse facebook é uma perda total de tempo.
Dane-se esse zuckerfuckin' thing!
Meu perfil está lá, abandonado.
Que sujeito escroto.

Aleatório disse...

Faltou o marcador de liberdade xD

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo