segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Avatar Voz do Além

O gadget mais Homer Simpson da história

 

image

Lembra de Wall-E? E da primeira vez que você viu os humanos ali, gordos mórbidos voando em suas confortáveis cadeirinhas e alheios a qualquer sensação verdadeira? Pareceu bem drástica aquela representação, mesmo para mim, um vagabundo com frequentes momentos sedentários. Mas existem pessoas maquinando um futuro exatamente igual aquele, com pessoas usando somente seus cérebros e não seus corpos - imagino que o sexo será parecido com aquele conceito escroto mostrado no filme O Demolidor, com Stallone e Sandra Bullock trocando ondas sexuais mentais, controlados por aparelhos bizarros. Em 1955 (segundo a Wikipedia… está de madrugada e não vou pesquisar em múltiplas fontes), a Zenith Radio Corporation criou o primeiro controle remoto wireless, que substituiu o com fio criada por eles mesmos, cinco anos antes. Ou seja, mesmo que os japas sejam hoje os reis das inovações em questão de som e imagem, foram os americanos que criaram o mais famoso símbolo da preguiça.

Creio que foi aí que começou a trajetória humana rumo a obesidade mórbida, no melhor estilo dos bonachões do Wall-E. Para entender melhor: a TV é um grande símbolo de obesidade (quando falo obesidade, falo de preguiça mental também), e terminaram por eliminar o único esforço físico que envolve o ato de assistir TV.

Controles remotos são muito bons, especialmente em dias frios de lascar. Não precisamos de cabos de vassoura pra trocar canais e mexer no volume, o que qualquer sociedade minimamente evoluída deve considerar primordial. Até o início dos anos 90, essas tralhas eram artigos de luxo, mas logo viraram itens obrigatórios, e hoje, uns 90% das funções dos eletrônicos só podem ser acessadas via controle remoto. Ou seja: estão nos obrigado a ser preguiçosos.

Com a TV a cabo - um dos maiores símbolos do nível de dispersão humana -, e seus milhares de canais inúteis e ruins, o ato de apertar botões se tornou cansativo, afinal, nossos dedos merecem descanso também, e um pouco de inércia. Provavelmente foi pensando nisso que Randy Sarafan criou a The Most Useful Machine, que basicamente serve pra trocar canais a cada minuto, sem a nossa interferência. É basicamente a função Surfer dos controles normais, com um tempo um pouco maior de intervalo.

A engenhoca é composta de um controle universal gigante e um dedo indicador mecânico que faz o serviço sujo enquanto você fica imóvel como uma pedra. Se tiver a fim de um, Randy montou instruções de como atingir essa façanha e se tornar um candidato a gordo mórbido entediado.

 

Nos vemos na nave espacial fugindo da Terra cheia de lixo e inabitável…

 

[Via Instructables]

1 comentário

Fernando Busch disse...

8| cúmulo.

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo