quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Avatar FiliPêra

Novo A Liga Extraordinária sai em abril

 

liga1910

Não, não estou falando de uma sequência daquela adaptação medonha para os cinemas, que de tão ruim e canastrona fez Alan Moore colocar uma pedra sobre Hollywood na sua vida (criaram personagens para o filme e ligaram para Moore pedindo para ele criar roteiros em cima dos novos personagens. A resposta? “Vão tomar no cu!”). É mais um capítulo de uma das melhores, mais inventivas e mais inteligentes séries quadrinísticas de super-heróis de todos os tempos.

Depois de mais de dois anos de atraso (alguns minutos, no tempo de Moore) a primeira parte – de três – da nova saga é anunciado para abril nos EUA. O novo volume, que se chama The League of Extraordinary Gentlemen: Century, mostrará a Liga enfrentando o próprio Anticristo em três épocas diferentes, os anos 1910, 1968 e 2008. A publicação é da editora Top Shelf, agraciada com os trabalhos de Moore após uma série de desentendimentos com a sua antiga casa, a DC Comics. A editora aproveitou esse anúncio (a parte II da história sai em outubro e a terceira ainda não tem previsão) para soltar descrições dos dois primeiros capítulos (devidamente traduzidos pelo Omelete):

"O Capítulo Um tem como pano de fundo a Londres de 1910, doze anos após a invasão marciana e nove anos depois que a Inglaterra levou um homem à Lua. Nas entranhas do British Museum, Carnacki, o caçador de fantasmas, é atacado por visões de uma seita oculta que está tentando criar o que chamam de Moonchild, enquanto nas docas de Londres o mais famoso serial killer do século anterior está de volta para continuar seu horrendo serviço. Trabalhando para a Inteligência Britânica de Mycroft Holmes ao lado de um Allan Quartermain rejuvenescido, do ex-ladrão Anthony Raffles e do guerreiro imortal Orlando, Miss Murray é tragada por uma ópera brutal às margens do Tâmisa por personagens que incluem a furiosa Pirata Jenny e o carismático açougueiro conhecido como Mac the Knife."

"O Capítulo Dois se passa quase sessenta anos depois, no transe psicodélico da 'Swinging London' de 1968, um lugar onde a Tadukic Acid Diethylamide 26 é a droga da hora, e onde diferentes submundos começam a sobrepor-se perigosamente, acompanhados por sit-ins e cítaras. Os chefões da máfia do East End londrino entram em contato com o underground contracultural do flower-power místico e sedado, dos popstars amorais à beira da desintegração psicológica e com um gosto pelo Satanismo. Alertada para a ameaça da mesma seita que ela e seus colegas investigaram em 1910, uma moderna Miss Murray e sua minguada liga de camaradas tentam navegar pela perigosa subcultura criminosa de Londres, bem como pelo mundo crepuscular dos ocultistas. Começando a sofrer as pressões do século XX e o peso de suas próprias vidas imortais, Mina e seus companheiros devem impedir a criação do Moonchild, que pode tornar-se o Anti-Cristo."

Para quem já leu os fodásticos capítulos anteriores (que com as duas mãos nas costas e com os olhos fechados superam o filme pífio, mas divertido) a notícia é de endoidar!

3 Comentaram...

Paranoid disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paranoid disse...

Me empolguei com a história, quero ler logo esse quadrinho, uma das coisas que eu achei mais legail é que ela se passa em épocas diferentes.

Abraços,
PARANOOOOOOOID

Pondexter disse...

Não há o que falar de Alan Moore além do que já foi dito.

Mas sempre quando leio essas notícias e quando fico sabendo de um quadrinho novo, a única coisa que vem em minha cabeça é:

Alan Moore é gênio!

Está certo que até pra isso ele já tem um discurso pronto para retrucar, mas é isso que faz ele ser o velho ranzinza mais adorado por todos nós! :-)

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo