sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Avatar Voz do Além

Mais um round perdido pelos anti-piratas

 

nocaute

Parece até conspiração. De uma hora para outra, associações que se dizem pró-copyright (quando não passam de pró-próprios bolsos) resolveram que essa é a hora de ganhar definitivamente a guerra contra os que distribuem conteúdo ilegal. E, com o maior estardalhaço do planeta, os principais grupos que representam gravadoras e estúdios de cinema resolveram que era do Pirate Bay ir para o tribunal. Enquanto isso, aqui no Brasil, a APCM, mostrando sua natureza autoritária e míope intimou o data center que hospedava o Legendas.tv a tira-lo do ar. Os bundões terminaram por obedecer, sem ao menos dar uma explicação, ou saberem que conteúdo ilegal eles abrigavam.

Bom, mas essa vitória pode ser comparada a obtida por Darth Vader, em O Império Contra-Ataca. Não é definitiva, e, pelo visto, nunca será. E deu para comprovar isso com muita clareza essa semana, quando os acusadores mostraram que nem mesmo sabiam o que estavam combatendo, terminando por expor as próprias violações durante investigações, ao invés dos crimes dos sites de pirataria.

O exemplo mais próximo de nós, foi o do site Legendas.tv. Após ser retirado do ar por gente que acha que é autoridade de alguma coisa, o maior site de legendas do país, volta, e com força total, em servidores à prova de processos, segundo palavras dos administradores do site. Segundo eles, também, o site será hospedado no Pirate Bay em um futuro próximo, só dependendo do resultado do julgamento que está ocorrendo nesse momento na Suécia. Aí, amigos, não tem APCM que o tire do ar. A equipe também fez questão de frisar que as doações, que tinham uma meta de 10 mil reais, ultrapassaram a meta, em cerca de 3 mil.

E falando na Baía dos Piratas, o que pode-se dizer é que a promotoria ainda não acertou uma, mostrando que internet realmente não é a baía praia deles. Foi simplesmente uma sucessão de asneiras miseráveis pronunciados pelos que se dizem “guardiões dos direitos autorais”. Os integrantes da defesa também são espertos, e afirmaram que o conteúdo do site é gerado pelos usuários, sendo eles responsáveis pelo que o site tem. O problema é que esses usuários tem identificações como King Kong, o que pode levar as investigações para as florestas do Camboja.

Pelo visto a defesa está tateando no escuro após perder suas acusações mais pesadas, por não conseguir prova-las. É triste  #sarcasmo!

Um fato relacionado ao descrito acima, foi a pichação sofrida pela operação sueca da IFPI (Federação Internacional da Indústria Fonográfica), que ficou com um texto manifestando repúdio a guerra anti-pirataria empreendida por eles (li isso no P2P Blog, mas não sei exatamente o que significa). Após a administração do site conseguir retirar o texto, o sítio está em manutenção.

 

Quando será que eles vão achar um modelo de aproveitar todo o potencial das redes Torrent para poder melhorar distribuição de conteúdo? Ah! Nunca, velhos retrógrados são assim mesmo…

 

[Via IDG! Now e O Globo]

3 Comentaram...

usuariocompulsivo disse...

Voz do Além, acho que já está mais do que na hora de darmos nomes aos bois, de quem está por trás de toda essa sopa de letrinhas.

Os grandes conglomerados da mídia mundial (Sony, Universal, Warner, etc), que controlam a maioria das emissoras de TV, estúdios de cinema e gravadoras é que estão perseguindo seus clientes. Esta é que é a verdade.

Muitas vezes gente que paga pelo acesso a TV a Cabo por exemplo, mas não consegue acompanhar a programação por causa da correria é que baixa o conteúdo sob demanda via internet para assistir quando tem tempo. Isso é pirataria? Acho que não, afinal o conteúdo já foi pago através da TV a Cabo, concorda?

Além disso temos o curioso caso (de Benjamin Button ;-) da Sony, um conglomerado que controla redes de TV, estúdios de cinema e gravadoras, mas também produz gravadoras de DVDs para PCs e mídias virgens, que são usadas para duplicação e revenda de conteúdo baixado via internet. Eles acabam ganhando de todos os lados de qualquer maneira...

Eu fico aqui me perguntando. Seria assim tão difícil criar um novo modelo publicitário, onde os estúdios distribuiriam cópias oficiais de suas produções via torrent, que para serem exibidos necessitariam de um codec especial. Através do qual seriam exibidos anúncios sob demanda, como o AdSense por exemplo, no rodapé ou no canto superior da tela em intervalos regulares durante o andamento do filme?

Será que eu preciso mandar um email para a sopa de letrinhas com essa sugestão? Será que não tem ninguém lá pensando em como ganhar dinheiro com esse conteúdo? Ou será que estão todos agarrados num modelos de negócio moribundo?

[]'s
Compulsivo

A Voz do Além disse...

Sim, são esses conglomerados jurássicos e míopes que estão vendo seus modelos de negócios lentamente ruírem é que estão esperneando em busca de aniquilar o que eles vêem como inimigo.

Mas eles não entendem que hoje as coisas são diferentes. Se a TV não matou o cinema (entenda matou como: diminuiu grandemente sua lucratividade), é por um motivo sequer: não são os usuários que escolhem o que verão na TV. A internet veio e chutou a bunda de todo o mundo, com o on demand.

É claro, o cinema ainda rende lucros astronômicos, mas, com uma nova política de negócios (como a que você citou muito bem), poderia render muito mais.

Mas essas corporações estão acostumadas a mandar, e ver três nerds administrando um site com conteúdo quase infinito, e com custos inferiores a produção de um único filme, para eles é heresia. Daí eles seguem a política de destruir o que não entendem. Mas, com Torrent/P2P as coisas são diferentes do que eles estão acostumados. Não importa quantos Pirate Bay eles tirem do ar, sempre haverá mais. Quantos mais julgamentos, mais fama e simpatia esses sites vão ganhar (e já estão ganhando). E some a tudo isso a burrice dos que atacam. É uma derrota anunciada para aqueles que não entendem o novo mercado.

Mas, eles são míopes, e provavelmente jamais vão entender isso, até ser tarde demais.

Anônimo disse...

É impossível vencer esta guerra contra a pirataria! Por exemplo encontrei recentemente o site http://cineluso.blogspot.com e fiquei parvo como a tecnologia evoluiu e como é possível colocar filmes completos (e legendados) para ver na net direto com boa qualidade e rapidez! Só mesmo os melhores filmes levarão as pessoas ao cinema no futuro!!!

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo