quinta-feira, 11 de março de 2010

Avatar Murilo

A revolução da última semana

 

image

O século mal começou e a palavra "revolução" já é o maior símbolo dele. Tudo é uma revolução. 'Avatar vai revolucionar a forma de ser ver filmes!", "A Panini promoverá uma revolução na venda de quadrinhos no Brasil!", "Murilo revolucionou o NSN!" (Nota do Editor: Eu ri da última revolução). Tudo bem que o último eu inventei, mas você já entendeu onde eu quero chegar. Não há lugar onde eu não veja ou ouça esta palavra. Até em comercial de fast food. Che Guevara teria orgulho!

O termo "revolução" tornou-se apenas uma ferramenta de marketing. Usada para promover filmes, sites, produtos, gibis, carros e tudo o mais que possa dar dinheiro. Com essa palavra aumentam-se as vendas, o hype de uma produção cinematográfica, chama a atenção do público consumidor. A "revolução" esvaziou-se de sentido. Avatar, por exemplo, não foi uma revolução real. Revolução de verdade na forma de se ver filmes, pra mim, é que se invés de venderem pipoca e Coca-Cola, vendessem amendoim e cerveja e os cinemas ficassem com as luzes acesas. A tecnologia 3D já existe há anos e não é um novo sistema de câmeras que vai transformar alguma coisa.

Revolução é algo muito maior do que o que vem sendo vendido em campanhas publicitárias. Não é uma simples mudança ou avanço, é uma transformação radical. A nova revolução é só uma estratégia para ganhar dinheiro. A questão é: você vai cair nesse papo ou vai seguir a sua vida normalmente, sem vislumbre?

7 Comentaram...

Leandro disse...

Então!! Concordo plenamente com o teu ponto de vista neste quezito, mas existem realmente coisas que são revolucionadoras, e digo isto pois muitas técnicas e melhorias são criadas nos tratamentos à saúde das pessoas, na diminuição e tratamento de problemas ambientais, métodos de captação de água, plantio e criação de alimentos, auxíliando na solução de problemas de fome de muitas pessoas. ISTO É REVOLUCIONÁRIO, as pessoas que descobrem e criam estas coisas para melhorar a vida das outras é REVOLUCIONÁRIO, e se puderem ver terão a certeza que estes REVOLUCIONÁRIOS, não perdem seu tempo com BBB, futebol, Silvio Santos, Faustão ou Record, que são o ÓPIO do povo e degeneradores de cerébros sádios. VIVRE LA LIBERTÉ.

yanpaulo disse...

Heh, é isso aí! Isso de "revolução", na maioria das vezes, é puramente comercial. Avatar, por exemplo, muita gente nos pergunta "já assistiu Avatar?", como se fosse um fenômeno e todos tivessem querendo assistir. Eu assisti, sim, e é um bom filme (tá certo que com uma história não tão original e tal, mas, emfim...). Mas nem de longe é nenfum "fenômeno" ou "revolução". Eu usei esse filme como exemplo, mas o mesmo vale para a maioria das coisas que carregam a palavra "revolução". Eu deveria postar no meu blog sobre isso e, claro, de maneira mais imparcial... No mais, é isso. Post muito bom!

yanpaulo disse...

Só pra reforçar, a palavra "revolucionário" normalmente cheira a propagandas na TV (exemplo mais comum: Polishop).

Genilson disse...

HOje em dia se confundi muito progresso científico/tecnológico/criativo com revolução. Concordo com você Murilo, quando você diz que o termo "Revolução" se tornou um simbolo de marqueting publicitário. Mas, confio totalmente na casta Nerd, que vai saber lhe dar com esses modismos e tirar disso se não poderes, mas um pouco de sabedoria.

Debora disse...

Assim como já disse Adorno no século passado, a Indústria Cultural se apropria de conceitos e passa a trabalhar de maneira com que esses mesmo possam favorecê-los... De qualquer forma, vale a discussão, até pq existem mtas expressões, símbolos e etc q foram retiradas de seu sentido genuíno e hoje estão distorcidos. Um exemplo clássico disso é a utilização da palavra "Xiita" que, graças à grande mídia, hoje é usado como referência para "pessoa intolerante" (acredite, eu já ouvi isso). Voltando à questão da "Revolução", devemos lembrar que essa palavra fora usada pra nomear o Golpe Militar brasileiro... O conselho dado é bem vindo, às vezes nos esquecemos do conceito e acabamos reproduzindo as bobagens que o senso comum diz por aí.

Breno disse...

Eu também acho que Avatar não foi uma revolução, mas sim uma evolução. Revolução pra mim foi e sempre será Jurassic Park.

Luiz Felipe disse...

Nerd Punheteiro falam sobre revolução...
deprimente isso...
Sinceramente o unico que é inteligente aqui é o FiliPêra

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo