segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Avatar FiliPêra

Criptólogo anuncia ter decifrado o Enigma do Assassino do Zodíaco

 

image

Tendo atuado na década de 1960, o Assassino do Zodíaco ficou famoso por igualar um feito de Jack, o Estripador - o primeiro serial killer registrado da história: nunca foi pego. Após atirar contra dois casais e o namorado de um deles sobreviver e fazer um retrato falado do assassino a polícia, Zodíaco passou a se corresponder com a polícia - novamente de forma similar a Jack.

"...Adoro matar pessoas...é mais divertido do que caçar, porque o homem é o animal mais perigoso de todos. Meu nome é Zodíaco. Matei dez pessoas, e matarei ainda mais. Quando morrer renascerei no paraíso e todos que matei serão meus escravos", disse ele em uma das cartas.

Após mais alguns assassinatos, ele enviou uma carta a polícia onde afirmou que mudaria o modo de ação e que seus crimes não seriam mais reconhecidos, e pareceriam latrocínios. Os poucos sobreviventes de seus assassinatos ajudaram a polícia a fazer um perfil psicológico onde atribuíram a ele conhecimentos profundos de tiro, química, mitologia e ocultismo. Terminou sua última correspondência com a afirmação de que jamais seria preso, o que se confirmou.

Suas ações inspiraram filmes do naipe de Zodíaco, de David Fincher, uma espécie de épico definitivo de serial killers. Em 2009, Deborah Pérez, de 47 anos, deu um depoimento onde afirmou que era filha de Zodíaco e afirmou que ele se chamava Guy Ward Hendrickson e morreu há 28 anos.

Não sei como foi o andamento das investigações quanto a autenticidade do depoimento, mas Corey Starliper, um decifrador de códigos por hobby, afirmou que conseguiu quebrar o código criptográfico usado por ele em suas correspondências - que há 40 anos ainda é um segredo.

Segundo dados da polícia, o código de Zodíaco continha 408 caracteres. Starliper começou a se envolver com ele há dois anos.

A primeira vez que vi esse código foi a um par de anos atrás, e eu sabia que poderia ser quebrado. Foi apenas o instinto, eu tinha um pressentimento de que poderia ser quebrado. Qualquer código criado pelo homem pode ser quebrado pelo homem".

Ele conta que foi o já citado filme Zodíaco que despertou seu interesse, além do clima de mistério pesado que envolve os assassinatos. Durante os trabalhos, ele criou duas sessões diárias - uma com 3 horas e a outra com 6 - para a decodificação, e conseguiu o seguinte texto final (em inglês):

 

KILL/SLF/DR/HELP/ME/KILL/MYSELF/GAS/CHAMBER/AEIOUR/DAYS/QUESTIONSABLE/EVERYY/WAKING/MOMENT/IM/ALIVE/MY/PRIDE/LOST/I/CANT/GO/ON/LIVING/IN/THIS/WAY/KILLING/PEOPLE/I/HAV/KILLD/SO/MANY/PEOPLE/CANT/HELP/MYSELF/IM/SO/ANGRY/I/COULD/DO/MY/THING/IM/ALONE/IN/THIS/WORLD/MY/WHOLE/LIFE/FUL/O/LIES/IM/UNABLE/TO/STOP/BY/THE/TIME/YOU/SOLVE/THIS/I/WILL/HAV/KILLD/ELEVEN/PEOPLE/PLEASE/HELP/ME/STOP/KILLING/PEOPLE/PLEASE/MY/NAME/IS/LEIGH/ALLEN/

O Arthur Leigh Allen do final do texto era o principal suspeito da polícia, mas foi solto após um exame caligráfico livrar a cara dele - Allen morreu em 1992 aos 58 anos.

Starliper usou diversas chaves criptográficas para decifrar o código, entre elas, usar o número 340 como uma espécie de de padrão alfabético, já que o número é o código de área das Virgin Islands, região onde ocorreram vários crimes dele. Para a substituição dos símbolos por letras ele usou o complexo Caesar cipher, substituindo os símbolos por uma letra três posições a frente no alfabeto (lembra do 340?). Daí pra frente a coisa fica complexa demais pra minha cabeça - 1:40h da matina, dêem um desconto (clique no primeiro link e capriche no inglês).

A solução apresentada por ele não foi uma unanimidade entre criptólogos. Dois especialistas que viram a carta decodificada afirmaram que, “apesar da solução ser válida e consistente, aparentemente, ainda não condiz com a verdade”. Comentaristas dos textos, afirmaram que 340 só foi ser o código das Virgin Islands em 1997, o que exclui a utilização do número, a não ser Zodíaco pudesse prever o futuro.

Mistério revelado? Talvez não, mas o fato não tira de Zodíaco o posto de serial killer mais misterioso do século passado, e Starlipe é somenet mais um que tentou decifrar seu mistério.

 

[FosterCity via Boing Boing]

3 Comentaram...

Luiz Augusto disse...

Pelo o que eu já estudei, a cifra de César (Caesar cipher) é uma das mais triviais criptografias existentes, já tem milhares de anos e foi usada por Júlio César para se comunicar com seus generais.
Eu acho que só não descobriram o significado desta carta antes porque não se interessaram, pois se um leigo conseguiu decifrar, imagine pessoas da área?

Anônimo disse...

bosta de texto, hein.

e não desculpo não. foda-se que era madrugada.

porra.

Anônimo disse...

340 é a quantidade de símbolos da mensagem....

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo