sábado, 24 de abril de 2010

Avatar Voz do Além

Tornando seus cartuchos de videogame úteis novamente com o Retrode

 

image

Creio que você concorda comigo quando digo que o grande problema dos emuladores é que eles estão todos inseridos num computador, dispensando tudo que um videogame tem de legal. Cadê os cartuchos e os joysticks, caramba? O Retrode serve justamente para tirar esse ranço dos emuladores, e torna-los mais cool para os caras retrô! Ele basicamente faz isso possuindo duas entradas para cartuchos, uma para SNES e outra para Mega Drive, e um cabo USB que o liga ao PC. É necessário ainda ter um emulador rodando no PC, para reconhecer o treco, mas as ROMs podem ser dispensadas. Ainda existem modos de conectar controles originais desses videogames 16-bit!

O preço é aquele velha faca para gente disposta a gastar com esse tipo de gadget: 60 euros, mais 15 de envio e se quiser um cartucho qualquer de SNES ou Mega Drive, são mais 3 euros. Ou seja, tá na hora de fazer aquele velho cartucho de Chrono Trigger ver a luz do dia de novo! Compre AQUI.

 

[Via Gizmodo]

3 Comentaram...

thebetatester disse...

Bom, é uma boa pra quem não tem o SNES... eu tenho meu SNES intacto ainda, só preciso de cartuchos, mulecada roubou todos os meus cartuchos...

bloganimazonando disse...

bem, eu como "colecionador de games"(entre aspas porque não ligo pra caixa de jogos, manuais e essas coisas, apenas em ter meus jogos favoritos de varios consoles) vou dar minha sincera opnião.

esse apetrecho é inútil. simples.


o grande problema dos emuladores não são as roms, e sim o ajuste de controle, todo mundo que gosta de emulação sempre tem mais dor de cabeça com isso, principalmente com o Nintendo 64 que é uma tristeza pra configurar devido a complexidade de controle.

falo isso como alguem que tem dezenas de cartuchos originais e quando pode faz questão de jogar seus jogos favoritos no próprio console, que aliás, os meus sempre estão desenpoeirados.

uma invenção muito mais útil é a do chamado "cartucho flashcard"(ou algo assim) que dá pra conectar um cartão de memória nele e jogar ROMs direto no próprio VG, o que pra mim é muito mais legal já que dá pra ter a sensação de jogar aquele jogo que você não tinha/não conhecia no próprio VG, com exatamente o mesmo controle original.

os flashcards de portáteis já são populares, mas o que algumas pessoas não sabem, é que eles existem também pra N64 e SNES, só que ainda com preço salgado.


mais uma coisa: se o cara tem um cartucho do Chrono Trigger "de bobeira", certamente ele devia saber que ele vale, no mínimo 200 reais de venda. e por esse preço venda rápida. eu não deixaria um jogo desses jogado de lado se não ligasse pra usar o cartucho.

Chico Fagundes disse...

Concordo com o bloganimazonando. Acessório inútil se a idéia continua sendo usar um emulador no computador. Infelizmente como eu nunca fui um moleque que conservava seus brinquedos, meus videogames das antigas foram pra o lixo, caso contrário estaria recuperando um bom dindin nos dias de hj.

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo