quarta-feira, 7 de abril de 2010

Avatar FiliPêra

O Evangelho Segundo o Opera - Parte 2: A Verdade

 

Vietnam_community

[Nota: Se não leu a primeira parte desse tutorial, clique AQUI!]

Vamos para outro diferencial do Opera: a Barra de Painéis! Aperte F4 - ou clique naquele retângulo cinza com uma seta lá em baixo, à esquerda. Ali aparecerão ícones seus emails, o Unite, seus feeds, seus downloads, seus widgets, seus contatos, suas notas e mais um monte de coisas… desde que você as use. Para início de conversa, saiba que o Opera tem um Outlook (ou Thunderbird) completinho dentro dele (tem um minisservidor Apache também, mas falaremos disso mais tarde). Para adicionar suas contas de email no cliente do Opera Mail é simples: clique no Opera Button > Contas de email e bate-papo. Vai ser necessário fazer uma conta no Opera Mail, o que é bem rápido e intuitivo. Depois insira informações como a organização a que pertence (a minha? NSN), seu login, sua senha, e seu nome. Escolha o protocolo IMAP, que é melhor, mais seguro e mais fácil de configurar que o POP3. Após a inclusão da sua conta de email (podem ser quantas quiser), o Opera vai fazer uma sincronização, que pode demorar alguns minutos.

Depois vá nas propriedades da conta, clicando novamente em Contas de email e bate-papo. Lá é possível editar o tamanho do intervalo de tempo que o navegador fará uma busca nas suas caixas de entrada (Eu coloco cinco minutos), bem como criar uma assinatura em todos os seus emails (dá até pra incluir imagens nela). É possível criar categorias, pastas, e outros recursos presentes no Gmail, por exemplo. Toda a hora que chegar um email (também rola com feeds, que falaremos deles à frente) uma plaquinha levantará à direita do seu monitor, com o título do email e o remetente.

 

email1 email2

Janela de configuração de email. Clique para ver maior!

Ainda nas opções de email, rola de salvar pesquisas dentro de todos os seus emails recebidos, seleciona-los por anexo, acessar suas listas de email em massa, e ver cada caixa de entrada separadamente, tudo quase tão bom e prático quanto o Gmail. Também é possível importar contas de email administradas em clientes como Eudora, Thunderbird, Netscape, Outlook, bem como criar contas para bate-papo no IRC, e Grupos de Notícia similares aqueles grupos de email que enchem sua caixa de entrada. Infelizmente os dois últimos nunca usei para saber como funcionam, mas creio que rola tudo nos conformes.

Obs: por motivos que desconheço, sempre deu erro quando adicionei um email do Yahoo! no protocolo POP3. Os emails até vinham tranquilamente, mas de dez em dez minutos o Console de Erro do Opera anunciava erros na comunicação com o servidor. Acabei por direcionar meu email do Yahoo! para o Gmail.

Caso queira utilizar o Opera para ler feeds (Eu só o utilizo para os comentários do NSN e do Anarquia, para o resto, uso o bom e velho Google Reader), clique no Opera Button > Feeds, coloque um endereço de feed e pronto. Ou vá até um site que possua feed e você verá na barra de endereços, à direita, um símbolo de feeds. É só clicar sobre ele e assinar. Ou ainda coloque o endereço do feed direto na barra de endereço e escolha a assinatura pelo Opera. Como vantagem, é possível determinar o tempo com que o Opera varrerá os servidores dos feeds escolhidos em busca de atualizações. À partir daí, um ícone dos seus feeds estará no seu painel de emails. Eu posso não usa-lo para ler feeds, mas ainda não vi navegador melhor para fazer isso. No Opera os feeds são baixados, e é possível lê-los na íntegra, mesmo offline (o mesmo acontece com emails), enquanto a lista de feeds do Firefox (e do Safari, e IE. O Chrome não tem suporte a feeds nativamente), é... apenas uma lista. Só é possível ler o título de cada notícia, e é necessário clicar no link para lê-la na íntegra no site. O Opera também é um cliente do protocolo bittorrent. Já o usei para arquivos pequenos somente para testes. Ele é estável, mas longe da personalização e perfeição do uTorrent. Não recomendo pelo fato de existir programa melhor e bem leve, mas caso queira usar, é só clicar em cima de um arquivo .torrent e fazer uns testes, já que ele se coloca como cliente oficial do protocolo na sua máquina (isso é facilmente contornável depois).

 

feeds_icon

Ícone de feeds à direita…

O painel abaixo é o de Contatos de email (ele só aparecerá, caso você já tenha mandado algum email pelo Opera). Dentre a sua lista de contatos, é possível inserir um monte de informações pessoais de cada um, organiza-los em pastas (recomendo fazer isso agora, e não depois de ter mais de 1.000 contatos, tipo Eu), o que permite mandar emails para uma pasta inteira. Os Widgets do Opera, para mim, são outros dos recursos que não utilizo - tipo os plugins do Live Writer. Já vasculhei galerias e galerias de Widgets e nunca achei nada que me fosse útil de verdade. Só usava o TwitterOpera, mas o abandonei por ser lento, e por achar o TweetDeck meses depois. Mas existe uma vantagem de fundamento técnico desses Widgets frente aos add-ons do Firefox (os do Chrome ainda não testei pra saber): eles são instalados como programas separados, abrem em separado, e param de funcionar em separado. Parece ruim, mas no caso de dar pau no software, o Widget vai sozinho, e não carrega o navegador e as 327 abas abertas dele junto. Fora que o Widget tem poderes muito rasos no uso do Opera, o que torna qualquer problema menos destrutivo.

Também é improvável que ocorra um uso idiota da memória, a impedindo de ser escravizada por falhas na programação do plugin - e como não são profissionais escrevendo o código deles, eles têm erros (na verdade todos os programas têm bugs, a diferença é a quantidade deles). Para adicionar um Widget, clique no ícone deles na Barra de Painéis, e depois em Adicionar, e você será redirecionado para a página oficial dos Widgets - quase um reino de Loompas-Loompas, pela descrição. Eles são bem fáceis de instalar: clique no botão "Launch" abaixo de cada Widget e seja feliz. Lá no site dá pra ver os mais baixados, e os com melhor reputação. Só me interessei por um novo para ler eBooks, mas como não tenho nada no padrão ePub, pra mim nem serve no momento. Só ressaltando: prefiro navegadores com recursos importantes nativos, sem a dependência de plugins e complementos, isso ajuda na estabilidade e num acertado uso de memória. Por esse motivo o Firefox hoje é tido como lerdo, vários de seus usuários - especialmente os que não usam muito internet - instalam um mundo de plugins e ele, obviamente, fica lerdo. Prevejo o mesmo futuro para o seco de recursos Chrome, que começou a receber uma avalanche de complementos.

 

unite1

File Sharing: Um dos melhores features do Opera Unite

Abaixo dos Contatos, ainda na Barra de Painéis, está uma pequena revolução do Opera: o Unite! É ele que é o bendito servidor Apache dentro do seu navegador. Serve para compartilhar com seus contatos (ou qualquer outra pessoa, independente do navegador) arquivos, notas, músicas, fotos e tudo o mais. O ícone para ativa-lo está ao lado do Opera Link. O aplicativo mais útil do Unite é o File Sharing, que serve pra fazer transferências de arquivo de forma muito mais estável que as realizadas via MSN ou outro comunicador instantâneo. Com ele é possível disponibilizar arquivos para download direto da sua máquina, com uma URL na internet, sem a necessidade de fazer upload para um servidor do Rapidshare, por exemplo. E é mais fácil de usar que aprender osmose usando uma lesma e sal: faça login com sua conta Opera no Unite, escolha um nome para seu computador (o meu é AnarcBox), e uma pasta do seu computador onde ficará o conteúdo que será compartilhado.

Nas configurações avançadas escolha a porta que o serviço usará (deixe como está, caso não tenha um conhecimento profundo de redes de computadores) e a velocidade de upload do aplicativo (quando não quiser compartilhar, rola de desabilitar o aplicativo). Depois é só jogar arquivos na pasta e distribuir o link para as pessoas que você deseja que baixem. Também tem a opção que permite que sua página do Unite não seja indexada pelo Google, e outra que impede que seus arquivos sejam visualizados por outros usuários do Unite. Também é possível trocar a senha do seu link qualquer momento, para que uma pessoa que teve acesso anteriormente a sua home, não tenha mais. O site gera automaticamente um feed de suas atividades, caso alguém queira.

 

unite2

Configurações Avançadas do Unite

É interessante usar o serviço como uma pequena rede de compartilhamento de arquivos, pois ela funciona independentemente de servidores, só necessitado dos servidores do Opera como uma espécie de tracker. Seria interessante o aplicativo evoluir para uma pequena plataforma P2P entre usuários do navegador (e incorporar protocolos de encripitação), através de uma rede de confiança, para não serem necessários as limitações do download comum (na verdade ele já tem algo parecido, mas apenas funciona em dois PCs). O MSN tentou fazer isso, através das Pastas de Compartilhamento, mas falhou! O Unite, assim como o próprio P2P, é o tipo de aplicativo largamento combatido, justamente por ligar diretamente usuário-usuário, sem servidores, o que praticamente elimina a possibilidade do Grande Irmão (não falo só de Google) vistoriar suas atividades web.

O conceito do Unite vai totalmente contra a maré da grande vedete da internet no momento: a cloud computing. O Unite cria comunidades locais, num sentido muito mais restrito, mútuo, fechado e, em certo sentido, interessante que redes sociais. É possível a criação de uma comunidade fechada, por exemplo, entre os integrantes do NSN, para a distribuição de ebooks, quadrinhos, vídeos, sites inteiros, sem a necessidade de se entender coisas complexas como hospedagem e banco de dados. E o melhor: você mesmo controla tudo facilmente, podendo deixar tudo offline em segundos. Certamente que o serviço é uma quebra de paradigmas importante para a onda de compartilhar para todo o mundo, e um pequeno passo no sentido da criação de descomplicadas redes privadas.

Mesmo que o serviço não tenha se tornado über-popular (e ter recebido críticas de cabeções que perguntavam cadê a reinvenção da web prometida), com certeza criou uma comunidade que cria aplicativos interessantes para ele, entre outras coisas. Além dos seis aplicativos padrões para o Unite, existe uma galeria de outros, desenvolvidos por usuários. Alguns são interessantes, como um que cria um Web Proxy; outro que sincroniza os arquivos de uma pasta do seu PC, com uma pasta de outro PC; um que funciona como um Delicious; e outro que gerencia coleções (DVDs, livros, CDs, wathever). São legais, e talvez alguns te interessem, mas realmente não sei como o Opera se comporta com várias dessas coisas funcionando ao mesmo tempo. Olhando o histórico do navegador, creio ser ele bem estável, mas rola um consumo farto de memória - mesmo que inteligente. A empresa também distribui uma espécie de medalha para os aplicativos testados e com os bugs corrigidos.

 

…chega por hoje! Amanhã terminamos, com o Turbo, Dragonfly, as abas (as do Opera são as melhores, acredite!), e mais algumas features interessantes! Até lá!

8 Comentaram...

Ministério da saúde disse...

Caro blogueiro,

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza H1N1 já começou. Vamos vacinar trabalhadores de saúde, população indígena, doentes crônicos, jovens saudáveis de 20 a 39 anos, além de crianças maiores de seis meses a menores de dois anos. Precisamos vacinar 91 milhões de pessoas e, para isso, contamos com a sua ajuda. Preparamos diversos materiais que podem ser usados em seu blog para ajudar o Brasil nessa tarefa tão importante.

Para mais informações sobre como se tornar um parceiro, escreva para fernanda.scavacini@saude.gov.br .

Atenciosamente,
Ministério da Saúde

Compulsivo disse...

É uma cilada Filipe! (O comment, não o post)

[]'s
Compulsivo

Chaves Papel disse...

O Ministério da Saúde informa: Este medicamento deve ser utilizado mediante prescrição médica.

Luiz Fernando Alvarez disse...

Você está quase me convencendo a mudar pro Opera.
O que está me impedindo é a falta de alguma coisa que substitua as extensões One Number e Google Calendar Checker do Chrome.
Eu olhei nos widgets e como você não achei nada interessante.
Alguma sugestão?

RogOpera disse...

kra, vc não deve deixar de citar que o Opera aceita extensões de Javascript as chamadas UserJS, as mesmas do greasemonkey do FF, e o opera unite possui um aplicativo que gerencia essas userjs o UJS Manager,e deve falar tbem de como o Opera é extremamente personalizavel, como as Skins, os botões personalizaveis. e que qualquer pagina web pode virar um painel, por exemplo no meu painel tem radios e tvs online alem de outros serviços web
não sei se vc acompanha a comunidade do Opera Brasil no Orkut, a maior e mais completa do Brasil, la vc vai descobrir muito mais das possibilidades que o Opera possui, tbem visite o meu blog sobre o Opera
www.myopera.com/rogopera/blog

esta ficando muito bom essa matéria, mas eu axo que 3 post ainda é pouco para mostrar tudo que o Opera tem a oferecer

RogOpera disse...

Comunidade Orkut
Navegador Opera - Brasil
www.orkut.com/Main#CommTopics?cmm=1092327

- Lord ♪ disse...

Valeu Filipêra! \o/
Tempos remotos eu tinha enviado um e-mail pedindo um post com dicas e finalmente saiu! Valeu mesmo, aperfeiçoar a utilização do Opera ao máximo agora! \o/

Anônimo disse...

cara, uso o opera a anos e sempre achei o melhor pelas diversas funções.
Gostaria de uma coisa que acho que ele não faz, na assinatura do e-mail, ele só tem a opção de ficar embaixo na hora de responder, gostaria que quando respondesse a um email ela ficasse abaixo do meu comentário e acima dos email que estiver respondendo, sabe como posso fazer isso?

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo