sexta-feira, 9 de abril de 2010

Avatar Beatriz Paz

Battle Raper II – Você não esta prestando atenção no título do post né?

 

clip_image002

Pegue um jogo de luta, adicione garotas bonitinhas e curvilíneas com armas e espadas grandes, misture com efeitos em slowmotion para movimentações na região peitoral e pélvica, tempere com golpes que envolvem chutes na altura da cabeça e salpique roupas rasgando a torto e a direito a cada golpe bem dado. Pronto, seu Battle Raper II está pronto e rende algumas boas porções.

Agora sem o momento Ana Maria Braga da tarde. Essa “receita” contém quase todos os componentes do jogo para PC feito pela Illusion, a mesma empresa responsável por Artificial Girl e pelo polêmico Rape Lay – o objetivo do jogo é praticamente molestar uma garota dentro de um vagão de trem lotado; situação essa que, de tão infelizmente comum no cotidiano da terra do sol nascente, fez as mulheres japonesas exigirem um vagão 100% feminino. - que foi lançado em abril de 2005 e não tem ligação na história com o primeiro jogo Battle Raper.

A premissa do jogo é basicamente a seguinte, você é o personagem principal, Yuuki Kukami – é o único homem do jogo inteiro –, você é seguido por uma Succubus chamada Eliza, que eventualmente vira a sua espada – só eu pensei em Soul Eater agora? - e sua missão é encontrar o Elemento de Deus numa ilha. Pra isso você se junta a um dos três clãs existentes na história que tem o mesmo objetivo. Claro que a parte legal de tudo isso é ter de sair no braço com várias beldades e deixá-las nuas enquanto você luta… e dane-se o Elemento de Deus. Além das garotas, você também tem que derrotar os monstros existentes na ilha.

Sim, você leu certo, conforme você vai jogando e ganhando, as roupas das suas adversárias vão rasgando a ponto delas chegarem ao estágio da seminudez, ou entenda-se, ficarem só com os sapatos, adereços de cabelo, luvas, armas, etc. A jogabilidade é fácil e combos e especiais podem ser ativados sem você precisar se contorcer em três e projetar a sua língua para fora da boca a ponto de conseguir lamber a própria orelha. Cada personagem tem um movimento que não pode ser bloqueado, um especial e guarda infinita.

Extras, dicas e otras cositas mas...

 

clip_image004

Beleza, você foi lá, lutou com a mulherada, percorreu a ilha toda deixando as chicas do modo como vieram ao mundo e achou o Elemento de Deus. Agora é só ver os créditos de encerramento com aquele sentimento maravilhoso de dever cumprido e satisfação. NÃO! É HORA DE EXTRAS!

Primeiro de tudo, Battle Raper II é um jogo de luta erótico, ou seja, além de despir, você faz outras coisinhas mais. Quando acaba o jogo no Story Mode vamos dizer que a garota que te acompanha durante a sua busca, te “recompensa” pelo trabalho bem feito. E sim, você entendeu direito. Já no Free Mode você luta contra um personagem escolhido pelo PC, vença 10 vezes com a mesma personagem para abrir roupinhas novas.

O Touch Mode te permite curar as feridas das garotas, sare os machucados da esquerda pra direita e consiga itens para desbloquear mais roupinhas. Agora o Replay Mode meio que funciona como um momento “remember”, em outras palavras, você pode ser recompensado por qualquer uma das garotas com as quais você já terminou o Story Mode. Se quiser um pouco de variedade espere as garotas se moverem sozinhas e é só aproveitar depois.

No modo Sexy Raper você tira fotos das beldades podendo mudar o cenário, o figurino, a expressão facial e o posicionamento dos olhos. Sem falar o ângulo da câmera ;D. O último modo, o Cape Raper, é basicamente a mesma coisa do Sexy Raper, só que com três personagens de Des Blood 4 e Biko 3. Você pode baixar esse modo de jogo no site oficial do mesmo, lembrando que tem que ter o programa que converte kanji, mas as garotas adicionais não podem ser usadas no Story Mode.

Agora deixo aqui para vocês dois trailers, um de Battle Raper II e outro do primeiro jogo da série, Battle Raper, pra você entender melhor do que eu estou falando… além de algumas imagens NSFW das duas edições. Ah, tem mais um detalhe, você pode também jogar Battle Raper II com um amigo, mas acho que sozinho é uma melhor opção.

 

 

clip_image006 clip_image008 clip_image010 clip_image012 clip_image014

Clique para ver maior

Site da produtora

2 Comentaram...

Fernando Busch disse...

8D~

TSUGOII

Gilmarzinho disse...

Mulher tem um gosto muito estranho pra mulheres...
Argh!

Té.

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo