quinta-feira, 1 de abril de 2010

Avatar FiliPêra

Quando explode o processo…

  image

Quando recebi a intimação para depor no Núcleo de Repressão a Crimes Eletrônicos, fiquei imaginando que tipo de texto me faria entrar numa enrascada com a lei - desde o primeiro momento, sabia que era graças a alguma coisa que escrevi. Imaginei um monte deles, mas só saquei a verdade quando o escrivão me perguntou: No seu blog, você já escreveu sobre japoneses? Com a resposta afirmativa, veio a secundária pergunta: Com que intuito? A minha resposta foi direta: Informar a população brasileira com um certo toque de humor  de coisas bizarras que existem no Japão e que poucos aqui conhecem. A gente continuou falando do assunto, ele lendo o texto, e Eu dizendo que tudo que estava ali era verídico.

Descobri que foi devido a ESSE texto que estava sendo processado por um japonês de São Paulo, que encaminhou a denúncia ao Ministério Público de lá, que estava fazendo o levantamento do inquérito, e solicitou a Polícia Civil aqui do Espírito Santo o meu depoimento. Neste momento o processo corre em sigilo de justiça em São Paulo, e sabe-se lá se vai dar em alguma coisa, já que o bendito texto que escrevi sobre bizarrices japonesas não tem nada demais - ao menos aos meus olhos meio doidos e com valores distorcidos.

Bom, agora vocês saibam, entramos oficialmente no rol de Blogs Processados. Caso ocorra alguma coisa com o blog (sabe Deus o que…), já sacaram o motivo!

 

PS: só pra deixar BEM claro: não é post de 1º de abril!

É NOZES!!!

30 Comentaram...

Paulo disse...

Isso é serio mesmo. O NSN está sendo processado por aquela bobagen, pra ser sincero não vi nada de ofensivo naquele bendito (ou maldito) post. Mas sei lá, alquem deve der ficado ofendido. Mas querer entrar na justiça, que exagero não.

- Lord ♪ disse...

Esse é o mundo em que vivemos. ¬¬'' E olha que é um post antigo hein. Vamos torcer para que não resulte em nada.

Douglas Barbosa disse...

Esse tal Japonês em questão nem deve ter nunca ido ao Japão para fazer uma asneira dessas. Deve ser um filho do filho do filho de olhinhos puxados. Um japonês de verdade diria: (em inglês pois não sei japonês) YES WE CAN. e sim eu sei foi o Obama quem cunhou a frase, mas se aplica muito bém no texto acima.

Velho da Montanha disse...

os japas tem um bairro só pra eles aqui em sp, lá tem umas japinhas muito safadas que atendem em apes de luxo, basta pagar e elas fazem de tudo, uma vez fui lá.

aghora nem vou mais escrever o post sobre o suehiro maruo que tinha prometido ao filipeta, eu ia detonar essas pervesoes ai... melhor não complicar uauuahuha

Ghost disse...

Mais uma vez é mostrado o absurdo e a que ponto uma pessoa desocupada é capaz de chegar para obter indevidamente alguma benefício.

Creio sinceramente que isso não dará em nada e esse desocupado não irá lograr êxito em seu pedido.

Todos os fatos narrados no texto são notórios, inclusive meia dúzia deles já havia lido em sites como a Globo.com. Queria saber se ele é capaz de processar a globo, mas não vai em cima de pessoas que não possuem um escritório advocacia a seu dispor para assim obter vantagem indevida dos mesmos.

Filipêra, após passar essa fase investigatória que obviamente não dará em nada eu o aconselho a processar esse "fulaninho" por calúnia pois o mesmo atribiuiu falsamente, a sua pessoa a responsabilidade pela prática de um fato determinado definido como crime.

Aí sim ele terá que te pagar uma bela indenização e aí ele terá realmente mto o que fazer...

Abraço.

Gringo disse...

Depois de saber do processo, eu posso até achar algumas partes que mereceriam alteração, algumas generalizações desnecessárias.

Mas grande parte dos leitores do NSN são capazes de identificar essas generalizações como figura de linguagem (metonímia), afinal não há evidência de que todo japonês é usuário de pornografia (ao menos não no post).

Por fim, é claro que não se trata de um post de agressão aos japoneses, já que o próprio post reconhece diversas qualidades dos mesmos e também aponta a perversão como algo inerente a outros povos, como os brasileiros.

Anônimo disse...

Q bobagem aposto q esse cara deve ter nascido no Brasil e é "Brasileiro" no entanto para simular uma certa superioridade por assim dizer vive a ilusão de achar q é Japa (msm q os japas autênticos do Japão não o considerem um). Aí dentro do seu delírio dissociativo, ele fica se mordendo com qlqr coisa q aparentemente fala mal do Japão para interpretar melhor o papel de nihonjin...


Caia na real cara, vc é brasileiro e não vai ser sua atuação de protetor da cultura japonesa q vai te salvar de ser farinha do msm saco.


PS: E este post vai em anônimo para q esse sacana não possa me processar HAhahahahaaa

Anônimo disse...

Q bobagem aposto q esse cara deve ter nascido no Brasil e é "Brasileiro" no entanto para simular uma certa superioridade por assim dizer vive a ilusão de achar q é Japa (msm q os japas autênticos do Japão não o considerem um). Aí dentro do seu delírio dissociativo, ele fica se mordendo com qlqr coisa q aparentemente fala mal do Japão para interpretar melhor o papel de nihonjin...


Caia na real cara, vc é brasileiro e não vai ser sua atuação de protetor da cultura japonesa q vai te salvar de ser farinha do msm saco.


PS: E este post vai em anônimo para q esse sacana não possa me processar HAhahahahaaa

Anônimo disse...

Sugestão para os NSN, post sobre o delirio dissociativo q os descendentesde japas aqui vivem, nasceu fora do japão não é mais japonês c****** !!!(em bom paulistês),no entanto isso não entra na cabeça dos japas de colônia aqui.

Francisco Fagundes disse...

Acho que o processo é absurdo, como a maioria pensa aqui. Talvez tenha sido ofendido por algumas difamações que nosso querido Filipêra apontou. É normal achar bizarras, coisas que não entendemos ou que não fazem parte de nossa cultura. Me coloco no lado dos japoneses. Quer coisa mais bizarra do que ir pra um jogo de futebol e poder não voltar vivo? Quer coisa mais bizarra que Carnaval? Não que eu não goste de Carnaval, mas é engraçado que em 4 dias do ano, o cidadão solta a franga, bebe todas, até come bosta porque tudo é permitido. Na quarta-feira de cinzas tudo volta ao normal, como nada tivesse acontecido.
Olhem o BBB. Quer coisa mais bizarra do que isso? Milhões de otários assistindo diariamente uma dúzia de desocupados fazendo porra nenhuma em confinados numa casa. Eu poderia citar uma carrada de bizarrices que temos no Brasil e que achamos comuns. Acho que podemos até achar bizarro o que acontece do outro lado do mundo. E por não conhecermos, devemos respeitar e não repetir o que os outros falam. Vivemos num país "democrático". Felipera tem o direito de falar o que quer(cointanto que não desrespeite ninguém) e o Japa tem direito de achar ruim e processá-lo(se tiver motivo pra isso).

Anônimo disse...

Paulistas acham q SP é o epicentro do universo, e q podem mandar no resto do paíse como bem entenderem,vide a frase em latim no brasão da capita Non Ducor Duco (“Não sou conduzido, conduzo”). Mais regionalista impossível...

Aos leitores do NSN convoco apoio ao blog, para essa safadeza, esse cara q vá se preocupar com o Sarney em vez de ficar esquentando a cabeça com um blog tsc tsc tsc

Anônimo disse...

Se isso não for piada de 1 de abril... eu posso dizer que os parentes do outro lado do mundo são realmente bizarros (sou sansei).

Anônimo disse...

*capital

Leandro disse...

Iahahuia
Aquele veinho é muito safado (e sortudo), com aquela idade mandando ver na velhinha.
Nosso país tem as leis muito hipócritas e muitos juízes e advogados mais hipócritas ainda, que é bem capaz de teres problemas.
Mas, se isso acontecer a gente faz um abaixo assinado e manda para o juiz, pedindo para liberar só o Voz e deixar o Filipêra. IAHAHUIA
Abraço irmão.

Anônimo disse...

Esse japa que quer te processar com certeza é um brazuca de olhos esticados ( nem japonês nato deve ser ), com uma sede insana em tirar do seu bolso dinheiro para pagar uma gorda indenização a ele, as suas custas. Isso é absurdo! Se esse japa se desse ao trabalho de buscar na internet coisas sobre japoneses, na INTERNET ( porque o do tal japonês não tenta processar o GOOGLE, por exemplo? ) vai encontrar milhares de bizarrices japonesas, desde as mais bobinhas até as mais pornográficas. Tenta ver no youtube qunata coisa insana tem que vem do japão, desde de vídeos caseiros até programas de TV e comerciais estúpidos. Esse japonês está procurando pêlo em ovo!

Anônimo disse...

O japonês que quer processá-los é um tremendo de um tosco baba ovo. tosquices e bizarrices acontecem em todo lugar do mundo, e por exemplo, as mulheres brasileiras são sempre taxadas de putas no exterior, na maioria das vezes. falo isso porque tive uma prima minha, anos e anos atrás, que foi taxada assim, sem ter feito absolutamente nada anormal em comportamento. O que o japones não aceita é ver a verdade que os japoneses do japão inventam modismos ridículos, surreais, já há muito tempo, envolvendo fantasias adoidadas em geral. Exemplo está que em vários desenhos animados com personagens femininas japonesas, sempre aparecem em trajes curtíssimos e com expressão de submissão aos homens. Antes de processar vocês, que tem feito excelentes matérias sobre qualquer assunto, por que o japones não vai processar os contenrâneos tarados dele?

Panthro Samah disse...

Gente, ser processado é a glória! É saber que o blog está atingindo até babaquaras!! Continuem assim!

Rápido disse...

Acho que foi um exagero do suposto paulistano descendente de japoneses processar o blog por injúria ou seja lá qual for a cusação. Fico pensando porque o ofendido não entrou com esta mesma ação à época da publicação do post, dois anos atrás. Um simples contato via email pedindo uma retratação ou alteração de algumas passagens mais fortes, dúbias ou sarcásticas demais poderia sanar qualquer obstáculo ao entendimento do teor irônico e humorístico que se propunha com o texto, mas não foi assim. Sabe-se lá por quê...

É uma pena que o NSN esteja passando por esse problema, passado tanto tempo, mas o que me vem à cabeça é a seguinte máxima: "quem fala o que quer escuta o que não quer". Acho que foi de uma falta de consideração e escárnio que extrapolou os limites do humor que tão bem fez a fama do blog (que apenas conheci e comecei a companhar no mês passado). Pegar o gancho das comemorações pelo Centenário da Imigração para mostrar um outro lado obscuro e fazer troça não pegou bem. É a mesma coisa que você ir à festa de aniversário de alguém e ao parabéns começar a sacanear porque a pessoa já foi feita de corna, para delírio dos presentes na festa. Dá para imaginar a cena?

Rápido disse...

- CONTINUAÇÃO -

Vou reproduzir aqui alguns trechos do "bendito texto" para ver se condiz com o ideal de humor nerd que tanto adoramos aqui:

- Japoneses são um povo doente. Isso é fato (ou talvez nós somos os doentes e eles os normais)! Mas, apesar de todas essa estranheza, eles conseguem esconder esse fato do mundo todo e saem por aí com a imagem de trabalhadores e inteligentes. [Isso beira o racismo! Desde quando chamar alguém de doente, física ou mentalmente, é engraçado!? Por acaso é humor chamar um cadeirante ou um autista de doente?]

- Uma vez aqui eles se adaptaram perfeitamente a cultura e modo de vida dos brasileiros, mesmo sem perder a própria cultura. [Isso é besteira, pois as condições de higiene e de trabalho eram subumanas, foram forçados a usar roupas ocidentais e a comer a nossa comida hipergordurosa e vieram ao Brasil pois a imigração para os EUA fora bloqueada. Os japoneses vieram para cá enganados e já endividados a fim de substituir a mão-de-obra negra que rareava devido ao fim recente da escravatura.]

- Mas ao mesmo tempo em que eles têm a porção inteligente, tem uma GRANDE porção bizarra e doentia (doentia num quase bom sentido). E com a internet e a vida moderna ficou cada vez mais fácil perceber como os nipônicos têm uma veia tarada; que deixa nós, brasileiro, parecendo padres católicos. [Que dados há para confirmar que existe essa GRANDE maioria de pervertidos no Japão? Essa generalização insensata foi o que provocou o processo judicial, imagino. E outra, desde quando Brasil é bastião de moralidade e de bons costumes no que se refere à sexo? Até parece que 'rebolation', tchutchucas do funk e dançarinas seminuas de bandas de axé ou de programas dominicais não fazem parte do nosso cotidiano.]

- Todo japonês é pervertido e isso ficou bem claro aqui. [Bom, todo o meu comentário poderia se resumir a reproduzir esta única frase para demonstrar o quanto se errou no tom do texto em questão.]

Velho da Montanha disse...

Eu não ia me manifestar sobre isso pq eu sinceramente ainda acho que o filipeta ta brincando, pq se não fosse brincadeira ele teria publicado isso amanhã e não hoje, logo em uma data que todo mundo zoa, desculpa ai, mas essa é minha natureza, eu sou desconfiado e além disso, principalmente, não levo determinadas coisas a sério mesmo, apesar de que tudo que eu escrevo em espaços como esses as pessoas levam muito a sério heheeh

mas decidi me manifestar quando li os comentarios do rápido ai em cima.

o que rola é o seguinte:

o politicamente correto ta fodendo com nosso mundo, estamos criando uma sociedade onde não se pode falar nada sobre nada para não ferir alguem, é uma sociedade de pessoas hipersensiveis, preocupadas e neuroticas, que se ofendem por tudo.

ha uma certa educação nesse sentido, começou com relação as minorias, com o legitimo objetivo de acabar com discriminações, mas hoje, essa atitude se tornou um ranço, um tipo de doença,

ninguem pode mais falar nada contra ninguem, se eu faço uma piada de bicha, preto ou judeu, logo alguem vem dizer que estou discriminando, ai tb se incluem os gordos, os baixinhos, os deficientes, os nerds e agora os japas tarados!!

pode parecer uma frescura mas nao é, a questão é mais profunda, o que ta nascendo em nossa sociedade é um tipo de estado policial, o verdadeiro, onde as pessoas começam a denunciar umas as outras, onde vc aponta o dedo e diz "vc esta errado, vc é subversivo"

é só uma questão de direcionamento e teremos isso aplicado em politica.

alem disso é uma forma que se criou de domesticar o discurso, as novas gerações de artistas, jornalistas, escritores não mais poderam se expressar senao dentro de uma mordaça, mas tudo vai parecer justificavel, afinal, é errado ofender os pobrezinhos não é?

agora vejamos o conceito de minoria, ele nao existe

um ser humano sempre poode se enquadrar em uma minoria, é so escolher, se vc nao e judeu,vc é preto, se nao é preto, vc é gordo, se nao é gordo, vc é deficiente, se nao vc é pobre ou nordestino!!

ai todo mundo desenvolve esse sentimento de vitimização e aponta o dedo pra quem ta mais proximo

estamos sendo educados pra domesticar nosso discurso, quando eu falo que vivemos um tipo de ditadura todos dizem," vc é louco, seu conspiracionista", mas isso é fato, estamos criando limites perigosos, nos domesticando cada vez mais, é a praga do politicamente correto.

que se foda esse japa, se ele se sentiu ofendido ele nao responde pelo seu povo, se eu for processar todos os que falam mal dos brasileiros no mundo nao vai ter juiz suficiente.

nao foi dito nenhum nome pessoal, entao nao procede,

mesmo que isso aqui seja uma brincadeira do filipeta, que sirva de reflexão...tem que mandar se foder esses politicamente corretos, esquerdistas malditos

Rápido disse...

Correto, Velho, em boas partes eu concordo com você, inclusive que vivemos em uma ditadura do cala-a-boca sem que as pessoas percebam. Até cogitei sim que fosse uma brincadeira de primeiro de abril, mas o que foi dito foi dito, ainda mais que o tal post 'ofensivo' é de 2008 (nem sei se dá pra inserir num blog um texto com uma data anterior à atual, realmente o "pulo do gato" pode estar aí).

Fico imaginando se o texto em vez de zombar de japoneses sacaneasse nerds (com toda aquela aura de fracassado que os invejosos pregam) qual seria a reação.

Rápido disse...

- CONTINUAÇÃO -

Filipêra, lembro de um outro post recente em que você comenta que hoje é jornalista free-lancer, como eu, então deveria entender o quanto se deve ter cuidado, reflexão e tato para emitir opiniões e críticas ao que for, ainda mais quando você é o idealizador e mantenedor de um veículo e publica textos de colaboradores.

Também como nerd e entusiasta da (boa) cultura japonesa tenho minhas repulsas por certos comportamentos deles, mas não faço juízo de valor baseado na minha imbecil formação ocidental cristã brasilianque. Algo que os ocidentais não entendem é que os japoneses sofreram incontáveis humilhações, manobras políticas e deturpações ao longo do século XX e especialmente após a II Guerra Mundial, transformando uma cultura milenar reclusa em um mutante formado pelo passado destruído, pelo presente moldado e pelo futuro acelerado que contrastava com as tradições.

Acho que nenhum ocidental deveria analisar a cultura japonesa sem antes ler "o Crisântemo e a Espada", uma obra antropológica encomendada pelo Exército norte-americano à pesquisadora Ruth Benedict para determinar como quebrar a cultura nipônica e introduzir valores ocidentais.

Volto a dizer que não desejo uma decisão judicial negativa para o blog, mas que o texto passou dos limites, isso sim, na minha humilde opinião.

Abraços.

FiliPêra disse...

@Rápido...

Racismo? Por favor. Reconheço que houveram duas frases generalistas no texto que hoje não cometeria (e que não dão margem a processo por um não-japonês, como averiguei), mas daí a dizer que houve discriminação é um pouco demais, não (o próprio escrivão do meu depoimento disse que não é cabível processo por isso)? Quandos textos enaltecendo o Japão e a cultura dele temos aqui no NSN? Conte e verá.

E sim, conversei com diversos japoneses na época em que escrevi a matéria (não necessariamente essa, mas uma que fiz para o jornal da minha faculdade que realmente falava de imigrantes japoneses aqui no Brasil) e eles confirmaram tudo que disse acerca de preservação da cultura, então creio que o depoimento de um diretor de uma Associação Nikkei deva ser ouvido.

O doentio foi no sentido de perversão sexual, como ficou claro. E isso rola muito por lá. O país tem o maior indíce de assédios sexuais do mundo (http://madeinjapan.uol.com.br/2006/03/31/japao-bate-recorde-de-violacao-aos-direitos-humanos/ | http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u15996.shtml | http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u10364.shtml )
e onde até pouco tempo a posse de pornografia infantil era permitida e não punível.

Estamos falando de um país onde os celulares TEM que fazer barulho ao fotografar, devido a onda monumental de japoeses tirando fotos de calcinhas. Falamos de um país onde rola zoofilia na TV, e existem vagões para mulheres.

Para eles pode ser normal, mas não analisei ou escrevi minha matéria para eles, mas para o Brasil, com meus valores. E a lei se baseia nisso, mais em fatos, e menos em interpretações.

Eu não disse em canto nenhum que isso rola no Brasil, ou que o Brasil é certinho, mas unicamente quis mostrar aspectos da sociedade japonesa que são desconhecidas dos brasileiros.

E a justiça tem que correr, pois em três meses, se não for for concluído o inquérito e apresentada uma queixa formal, ele prescreve, de tão grave que foi e de tão rápido que foi esse japa!

Jaspion disse...

Guiodai , yayayayyayaya yiaii

FiliPêra disse...

E @Rápido...

É sim possível inserir um texto em qualquer data, mas uma cacetada de gente leu esse post na época que ele saiu, quanto a esse aspecto nenhuma dúvida. O fato dele não ter comentários, deriva da nossa perda de dados quando migramos do serviço HaloScan de comentários, para o nativo do Blogger. Dá para observar que uma multidão de textos anteiores a 2009 não possuem comentários, e é por causa disso.

Quanto a falar mal do aniversariante, sempre fazemos isso, praticamente. Quando rolou uma postagem mundial contra a pobreza, incentivamos a pirataria e a obtenção de coisas grátis. Quando falaram de aquecimento global, lançamos posts afirmando o inverso, e outro sobre radicais protetores de baleias. Então, sempre procuramos, nesse tipo de data comemorativa, dar uma ótica diferente da que a maioria segue.

E sim, não gosto que sacaneiem nerds (embora entenda, sob certos aspectos, porque faça isso), como o próprio Velho da Montanha faz. Mas nem por isso vou ficar metendo processos babacas nos outros. Se ele (o cara que nos processou) tivesse se dirigido a gente e exigido um direito de resposta, ou algo similar, baseado em argumentos, seria atendido. Mas mostrou como é um fracote, e decidiu ir a justiça por uma coisa que nem compete a ele, pois ele não é japonês, e se fosse para o Japão, seria tratado como imigrante. É a vida!

Anônimo disse...

Só tenho uma coisa a dizer sobre o post processado em questão:
É tudo verdade o que foi mostrado e ainda há muito mais!!!
Digo isso porque moro a quatorze (14!!) anos nesse pais e conheço muito bem toda essa bizarrice japonesa pois somos obrigados a deparar com tudo isso por todo lado,inclusive em lojas de conveniencia 24 horas quando paramos para tomar um inocente café!!
O que acontece com esse cidadão e a maioria dos japas daqui é vergonha de expor tudo isso ao mundo.É similar a você encontrar um monte de fotos intimas de sacanagem no pc de um cara e sair mostrando pra todo mundo.Ele ficaria acuado e furioso.E com certeza iria querer te ferrar por não admitir que é daquele jeito!Isso é que é o Japão: "País pra Inglês ver!!"
Só quem mora aqui sabe a verdadeira realidade.
Se você mostra algo diferente da "publicidade" feita por eles ao mundo sobre o país,mesmo que com boas intenções,sofre repressão pois é comum por aqui esconder-se a sujeira debaixo do tapete!!

Anônimo disse...

ahahahahah então o voz do além é você mesmo!

Anônimo disse...

esse japônes é um otário,na certa quer se sentir poderoso com isso,são a raça mais pervertida que existe,bem eu também sou pervertido,aliás adoro os filmes da série ''pink puncher'',digitem no google para verem só,esse cara é um hipócrita solitário perdido em devaneios de poder,vá processar o karalho,q mania dessa gente que quer aparecer,e sempre com quem é mais humilde,processa a globo,a maxim,a vip,a puta q pariu japones vacilão

kazulius disse...

Cadê o post original?!? Tá dando 404...

FiliPêra disse...

@kazulius...

Eu o retirei do ar (voltou a ser um rascunho, pra que fique guardado) por recomendação do delegado que tá cuidando do caso!

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo