terça-feira, 3 de maio de 2011

Avatar FiliPêra

PSN sob ataque e umas mostras da arrogância da Sony

 

image

Não dá pra dizer exatamente quando os problemas da PlayStation Network começaram. Alguns vão dizer que foi quando atacaram a rede e ela saiu do ar, o que ainda não foi completamente apurado e oficialmente divulgado. Mas posso dizer que os problemas da Sony relativos a questão começaram bem antes. E são problemas bem grandes, com toda a certeza. Desde o dia 20 de abril a rede está fora do ar, o que gerou perdas de “até US$ 24 bilhões”, segundo analistas da revista Forbes. Fora isso, dados de cartão de crédito de cerca de 10 milhões de usuários podem ter sido roubados, segundo o próprio Kaz Hirai. 

Desde frases como “A próxima geração só começa quando nós quisermos” e “Só vemos a concorrência pelo espelho retrovisor”, a Sony é conhecida como uma empresa bem arrogante, especialmente quando seu frontman e chefe da divisão de jogos, Kaz Hirai, resolve abrir a boca. A essa postura só se soma fatos como o fim do suporte ao Linux no PlayStation 3, e se tem a ponta do iceberg que creio ter acabado parindo essa explosão de problemas que a empresa está enfrentando.

O fato é que hoje, tirando poucas empresas como a Nintendo e a Apple, é preciso que o mundo corporativo entenda que a relação dele com os consumidores não é mais uma via de mão única. Não rola mais de assumir atitudes de pisar em cima de consumidores, mesmo quando questões bem delicadas como quebras de protocolo de segurança são quebrados. Um exemplo recente foi a atitude da Microsoft com relação aos hacks de Kinect, que os incentivou. Claro que essa posição permissiva deriva do fato da empresa estar atrás da concorrência quando consideramos controles com sensores de movimento, mas aqui nessa discussão isso é secundário, creio.

Pode parecer besteira, mas esse tipo de atitude típica da Sony atrai antipatia dos usuários, mesmo que o serviço prestado por ela seja excelente. O modo como a empresa procedeu ao atacar GeoHot e vários clientes dela como simples criminosos foi ridículo,  e atraiu a ira do grupo Anonymous, e provavelmente foi ponta-de-lança no chamariz a esses supostos crackers que invadiram a rede e a colocaram abaixo.

A Sony está tão perdida que nem mesmo divulgou motivos oficiais para os problemas em suas redes online, só se limitando a afirmar que eles são derivados de “invasões externas”, o que é evasivo e demonstra que a companhia parece estar tateando no escuro.

No fórum Reddit uma teoria surgiu em um post de um suposto moderador do fórum PSX-Scene. A conspiração - que, como era de se esperar, faz sentido - diz que um hack para PlayStation 3 faz com que os servidores da PSN identifiquem qualquer console que o tenha instalado como sendo de um desenvolvedor, o que daria “poderes especiais” a ele, como acessar áreas que normalmente não poderiam ser acessadas por usuários comuns.

Com esse hack, somado a números falsos de cartão de crédito, começou uma onda louca onde crackers podiam baixar qualquer jogo ou conteúdo sem pagar nada. A coisa atingiu tal magnitude que a Sony decidiu “desligar” a PSN completamente por tempo indeterminado, gerando o que talvez seja a mais grave falha de segurança da história dos videogames.

Pode ser tudo uma descarada especulação mentirosa, mas - novamente arrogância sonysta aqui - enquanto a empresa não contar sua versão do caso, ficamos somente com uma imagem de estupidez e amadorismo.

 

[Com informações do sempre fodão Destructoid]

3 Comentaram...

Rosana disse...

Olá,

Nos da ContentStuff estamos iniciando uma campanha online para a revista Turma da Mônica Jovem. Gostaríamos de saber se há interesse por parte do blog em estabelecer uma parceria, para divulgação de informações em primeira mão e demais novidades.

A propósito, também estamos iniciando a presença da Turma da Mônica nas redes sociais, para futuras oportunidades.

Saudações,

Rosana Moreira

Thiago Luiz disse...

A SONY e seus produtos sempre foram de qualidade, é lamentável a gigante passar por isso e espero que ela se recupere logo.

Anônimo disse...

Infelizmente os dez anos de sucesso da sony no mundo dos videos games e seu reinado invicto criou uma geração de pqssoas que confundem o prazer de jogar jogos eletrônicos com arrogância.
A sony conhece o seu público e tenta manter a fidelidades deles atravês dessa arrogância que ela mesma criou.

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo