quarta-feira, 25 de maio de 2011

Avatar Felipe

Dia Mundial do Orgulho Nerd...E daí?

 

image

Como a maioria das pessoas que lê esse blog sabe, hoje é o chamado Dia Mundial do Orgulho Nerd (ou Dia da Toalha como preferem alguns que querem dizer que são mais nerds que outros), mas sinceramente o que tem pra se comemorar nesse dia? Sério, até hoje não entendi porque tanta empolgação com essa data. Afinal, existia alguma lei que impedia as pessoas de lerem quadrinhos e foi abolida? Na minha humilde opinião, acho que essas comemorações estão é criando pessoas cada vez mais chatas no mundo.

Hoje em dia, qualquer pessoa que assistiu pelo menos uma série de TV e um filme de super-herói já sai por aí gritando que é nerd, além de se achar mais inteligente que as outras por estar fazendo “coisas de nerd”. Conheço pessoas que nunca leram um mísero gibi na vida, mas se acham os maiores conhecedores do Homem-Aranha, por exemplo, só porque assistiram a todos os filmes.

O mais engraçado é ver aqueles nerds xiitas comemorando o dia 25 de maio e ao mesmo tempo xingando a imprensa por divulgar a data, afirmando que isso faz com que não-nerds (como se fosse uma seita secreta) invadam seu clubinho restrito. Sinto muito em dizer, caro amigo revoltado, mas o Dia do Orgulho Nerd não passa de uma data consumista, da mesma forma que o dia das mães ou o dia dos namorados. Como eu disse anteriormente, todos querem ser nerds hoje em dia, então nada melhor do que uma data como essa para as lojas se acabarem de vender quadrinhos, séries, filmes e até mesmo óculos, afinal, isso faz parte do uniforme. E acredite, chamar de Dia da Toalha ao invés de orgulho nerd não vai mudar nada, você apenas vai parecer mais arrogante.

E por falar em arrogância, essa provavelmente é a pior coisa de toda essa celebração da nerdice que existe hoje em dia. Para ser considerado um “verdadeiro nerd”, é preciso que a pessoa siga uma série de regras e não goste de nada que não pertença à chamada cultura nerd. Por exemplo, você deve rir sempre que alguém disser Bazinga!, mesmo que isso não tenha graça nenhuma e que Big Bang Theory seja uma porcaria. Gosta de sair na night pra beber com os amigos? Não é nerd, você deveria ficar em casa assistindo algum seriado obscuro. Gosta de jogar futebol? Que coisa feia, nerds só praticam atividades intelectuais. Pode parecer mentira, mas já me disseram que não sou nerd de verdade por causa dessas duas situações que mencionei.

Muitos que levantam a bandeira da nerdice gostam de dizer que está tudo uma maravilha e que o preconceito contra os nerds acabou. Mas a verdade é que esse Dia do Orgulho Nerd fez apenas com que o preconceito mudasse de lado. Agora, quem não é nerd o suficiente (como sair de toalha na rua, por exemplo) é que virou o alvo das gozações. Porém, eu acho que sair por aí de toalha não faz de você mais nerd que os outros, te faz apenas mais esquisito.

18 Comentaram...

Gilmarzinho disse...

Ahh, Big Bang Theory é engraçado. huahhaua

Concordo com teu ponto de vista.
Muita gurizada nova cheia de rótulos e arrogância.
Depois dessa campanha toda, nerd acabou virando uma instituição, assim como foi com metaleiros: "compre uma camisa preta, deixe o cabelo crescer, pronto, você é metaleiro.
Ouvir heavy-metal?... É, pode ser que ajude também, mas não é obrigatório".

Té.

Nilto, o Junio disse...

até disso tão reclamando, credo

Shinobi disse...

Concordo plenamente..!!
O conceito de "NERD" não está em abraçar a bandeira, vestir a camisa e bater no peito dizendo.."Sou NERD..!!"..e sim algo que todos nós NERD's ou não deveriamos ter...
A vontade de sempre buscar e descobrir algo novo, coisas novas, a verdade sobre os fatos..enfim tudo que foge da mesmice alienada que vivemos.!

Wannalle disse...

nossa... nunca achei que ia ver uma matéria tão ruim assim aqui.... não é porque aconteceu com você que você vai generalizar.
Nerd ta no espirito e não algum moleque de 16 anos falando se alguém é ou não que vai mudar isso.

Além disso, você não tem muita maturidade para falar disso... se tivesse ia entender que o principal motivo do dia do Orgulho Nerd não é ser uma data comercial, mas sim pretexto para podermos sair fazendo nerdisses no sense nas ruas... ou simplesmente para falar pra alguém que você nunca teve coragem, que você é NERD.
inté

LucavsLuca disse...

Concordo com tudo o que você falou, menos que o Dia do Orgulho Nerd é uma data comercial. Pera aí, né. Voce comemora o dia do seu aniversario? Aceita com carinho ovos de chocolate na pascoa? Lembra de quanto sua mae te ama no dia das maes? Se sim, saiba que o Dia do Orgulho Nerd é simplesmente um dia do ano em que ganhamos a força. Mas gostei do ponto de vista sobre a sociedade o/

Rodrigo H. disse...

Kra.... não sei porque as pessoas gostam tanto de se auto intitularem, tipo como:
Eu sou nerd! por isso tenho que ter conhecimento sobre tudo oque a maioria das pessoas desconhecem e tenho que agir como um "esquesito",ou então
Eu sou boy! tenho que tomar bomba, agir como um idiota inconsequente e gastar todo meu dinheiro com roupa e acessorios para o carro, ou então
Eu so roqueiro! so vou usar preto e falar que qualquer som que não seja metal é podre e não presta, e por ai vai...
.
E o pior, qdo vc se intitula como algo, e pessoas não "dignas" começam a dizer que fazem parte do mesmo grupo, os "old-schools" se revoltam e escrevem um post besta como esse que acabei de ler.
.
Gosto do dia da toalha e aqui tem uma explicação do porque da data e do porque q eu gosto: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_da_toalha

Robson Batt disse...

Peraí, Nerdisses(sic) No Sense? Isso combina? Acho que esse cara assistiu ao filme "A Vingança Dos Nerds" e parou no tempo.
Ou ele pensa que se sair fantasiado de Pikachu ou Mulher Maravilha, correndo por aí, vão achar que ele é um nerd, ou um retardado?!

Cinemarco Críticas disse...

Engraçado é perceber que quanto mais houver a rotulação sobre a personalidade de um Nerd, e ainda mais se ela for alimentada e defendida por alguém que se diz ser, mais controversa será sua opinião. Concordo com o Wannalle, ser Nerd é um estado de espírito. Não se é superior a ninguém. Não se precisa ver e amar Star Wars, Homem Aranha, Batman e a porra toda, basta ser você e ter opinião! Basta fazer parte de um meio comum de pessoas, que, em geral, (aí sim) curte HQ, filmes, livros e principalmente reconhece o valor do aprendizado, da instrução e da cultura. E é só por isso que ele vê motivação em ser assim, Nerd ou não, a viver a sua vida felizmente, mesmo que seja passando a maior parte do tempo sozinho dentro do quarto.

Synthzoid disse...

Não ligo de me denominar nerd, mas acredito que exista algo de muito errado com meus conterrâneos hoje em dia.

Ninguém aqui ta levantando uma bandeira, ninguém aqui – ao menos nesse mérito – está defendendo uma inclusão social –alias, é o contrário disso- , ninguém aqui sabe ao certo, do que sentir orgulho...

Pelo senso de identidade, é legal celebrar a data? Sim, mineiríssimo, mas algumas pessoas sequer sabem porque estão celebrando ou o porque do orgulho.

Se levarmos em conta aquele “manifesto nerd” grotesco, eu não vejo orgulho naquilo, apenas o comodismo em relação uma série de falhas e perpetuação de uma situação desagradável e insalubre.

Isto não se chama orgulho, se chama arrogância.

Pelas próprias convenções sociais, eu não sou nerd, mas ainda assim consumo, pesquiso e corro atrás de informação, daquilo que me interessa e fascina.

A data pode ser comemorada sim, mas as pessoas precisam compreender melhor o que está sendo representado aqui, é uma idéia boa, porem mal executada.

Panthro disse...

Bom, eu sou nerd. Não tenho nem como dizer que não, eu faço a porra toda: leio gibi, jogo RPG, programo computadores, fiz faculdade de Química, uso óculos e tenho Síndrome de Asperger. Ou seja, clichezão ambulante.

E eu concordo com a crítica. Mas apenas em parte. Não só porque eu gosto de Big Bang Theory (mas até aí eu também gosto de Glee, House e um zilhão de séries), mas porque eu vejo mais um movimento contrário.

Sem dúvida, ser nerd virou mainstream. Assim como ser punk antes disso. E isso significa que começaram a criar padronizações, um nerd way of life, quando ser nerd era justamente não se encaixar muito bem no american way of life. Era ser intelectual num mundo onde a intelectualidade era desprezada frente a capacidade política (ou de interação social, pra mim é tudo a mesma merda. Asperger, não consigo separar essas sutilezas).

Hoje, todas as definições de nerd estão presas a consumo de cultura pop. Quando eu acho que ser nerd passa justamente por fora disso. Se você for ver o filme da Vingança dos Nerds, acredito que eles concordavam meio com a minha visão: Enquanto os Alfa Betas eram todos idênticos (esportistas, populares, loiros e bem-sucedidos) os nerds eram os esquisitos. Não necessariamente super espertos ou consumidores de cultura pop. Mas pessoas sem traquejo social, punks, estrangeiros, gays... Enfim, outcasts.

Pessoas que por não só não se encaixavam, mas estavam de saco cheio de não se encaixarem e começaram a questionar a própria necessidade de haver um formato em que se encaixar. Lembrem-se que eram os anos 80, o grande momento da pós-modernidade.

O problema é que depois tudo careteou e a idéia foi absorvida, reembalada e vendida como um novo padrão. Ok, agora nerd é assim. Não, não é desse jeito, é assim. E todo mundo agora quer ser nerd agora, porque ser nerd é ser incluído numa caixinha de comportamento. Não é mais ser um outcast.

Então, eu vejo mais gente brigando que é nerd mesmo sempre tendo sido da turma do fundão que zoa "os nerdões que copiam a matéria do professor" só porque joga vídeo-game do que gente dizendo que alguém não é nerd porque joga bola.

Até porque nerds que fazem exercícios sempre existiram. Que o digam todos os garotos que foram fazer artes marciais pra serem o Batman.

Milinha =] disse...

é,conheço mts pessoas que viraram nerd após assistir Big Bang Theory (to tentando achar a graça nisso). E é FATO quer ser nerd está na moda, o que não me deixa mentir são os inumeros blogs de moda que visito, onde agora estão dando várias dicas de que óculos comprar,para ficarmos parecidas com nerds.Sem contar as camisas: I Love Nerd. =)

Hubert Cumberdale disse...

... portanto, acho que você deveria entender algum movimento antes de tentar criticá-lo.

Como você disse, se até hoje você não entendeu, e tanta gente entendeu, o problema pode ser com você!

Aleatório disse...

Panthro, quando eu era pequeno eu queria ser o batman >.<

everson disse...

O que faz da pessoa ser nerd ou não, vai desde a reação ao seu primeiro brinquedo, o que gostava de assistrir na tv, se alguém com capa ou super poderes lhe fascinava. Enfim, muita coisa que vem juntando até hoje. Se um dia vc aprenedeu a beber, e beijar uma menina na boca não te deixa menos nerd. Acho que cada um sabe o tão nerd que é. Agradeço o espaço. Abraço!

Geek on Duty disse...

... e eu que gostava quando o dia da toalha era para celebrar a vida e obra do Douglas Adams... :)

Gabs ☻ disse...

Putz, data consumista foi foda, hein.

O dia que eu ver em uma loja algo como: "PROMOÇÃO DIA DO ORGULHO NERD TUDO COM 50% DE DESCONTO. Aproveite para comprar um presente para seu nerd favorito!", te aviso.

Mas do resto, tem um fundo de verdade.

Anônimo disse...

qq tem haver com a foto ?
O.o

Rafhaela disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário

Mostre que é nerd e faça um comentário inteligente!

-Spams e links não relacionados ao assunto do post serão deletados;
-Caso queira deixar a URL do seu blog comente no modo OpenID (coloque a URL correta);
-Ataques pessoais de qualquer espécie não serão tolerados.
-Comentários não são para pedir parceria. Nos mande um email, caso essa seja sua intenção. Comentários pedindo parcerias serão deletados.
-Não são permitidos comentários anônimos.


Layout UsuárioCompulsivo